Para os que respiram música assim como nós


Resenha: Music from "The Elder" (1981)

Álbum de Kiss

Acessos: 265


O lado obscuro do Kiss

Autor: Marcel Z. Dio

24/02/2019

Considerar The Elder o trabalho mais chocante do hard rock, não é exagero, ainda mais se tratando de uma banda festeira como o Kiss.
Era como se um jovem fanfarrão fosse iluminado por uma sociedade secreta e deixasse o mundo para trás.
Como um corpo estranho, Music From the Elder foge completamente da linha cronológica do Kiss, que por influência Bob Ezrin, (o mesmo produtor de Destroyer) criou um disco conceitual, cheio de orquestrações, climas soturnos e letras que volviam em torno de um garoto escolhido por um conselho de anciões, na luta contra o mal. A mirabolante estória, segundo eu sei, saiu da mente de Gene Simmons, teve o aval de Paul e a repulsa de Ace Frehley, entrando em surto ao ver os papéis com as letras. Prejudicado pelo alcoolismo e falhando ao tentar barrar o projeto de Gene, o spaceman pulou fora pouco tempo depois. 
De certa forma o guitarrista beberrão tinha razão, pois o disco foi um grande fiasco em vendas, o pior da carreira, e para ajudar, a produção pomposa custou uma pequena fortuna.
Se por um lado o fracasso financeiro criou um desconforto para a dupla Gene /Paul, e consequentemente para fãs, os meros simpatizantes percebiam a qualidade musical, enxergando a banda por outro ângulo, pelo amadurecimento das letras e instrumental requintado.

Impossível passar incólume sobre as maravilhosas "Oddyssey", "Only You", a medieval "Under The Rose", "The Oath", a sinistra "Mr Blackwell" e "I" - uma ode a coragem e ao amor próprio.

E sem esquecer "A World Without Heroes" - a faixa que me introduziu ao disco. Tudo aconteceu quando eu vi o vídeo na extinta MTV Brasil, nunca ouvirá nada parecido, e até hoje me impressiono. Desde a delicadeza dos teclados, baixo marcado e um solo estupendo. Até o choro canastrão de Gene Simmons ao final do vídeo, me convenceu. 
A partir daquele momento eu sabia o que queria, queria comprar o disco !, e no dia seguinte estava na porta da loja encomendando o CD. Valeu cada níquel !!.

Os textos publicados na página do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do autor


Compartilhe:

Comente: