Para os que respiram música assim como nós


Resenha: In This Moment We Are Free - Cities (2017)

Álbum de VUUR

Acessos: 509


VUUR - Proporcionando um belo "momento de liberdade".

Por: João Paulo

31/10/2018

Anneke van Giesbergen, uma das minhas vocalistas favoritas, consegue sempre me proporcionar sentimentos incríveis ao escutar sua voz.  

VUUR ("fogo", "paixão" ou "motivação", em holandês) se trata de uma banda de metal progressivo criada em 2016, por Giesbergen, juntamente com alguns membros de seu outro projeto, o The Gentle Storm, são eles: Jord Otto (guitarras),  Ferry Duijsens (guitarras), Johan van Stratum (baixo) e Ed Warby (bateria). A princípio, a vocalista Marcela Bovio (Stream Of Passion, MaYan), também fazia parte da formação, mas deixou a banda antes de seu lançamento de estreia, pois ela e Anneke perceberam que queriam abordar os vocais de maneiras diferentes.

"In This Moment We Are Free - Cities" foi lançado em 20 de Outubro de 2017, pela InsideOut Music,e produzido por Joost van den Broek. A própria Anneke confirma que seu antigo parceiro Devin Towsend, teve uma grande influência para o disco. Todas as faixas de "In This Moment We Are Free - Cities", foram inspiradas por cidades visitadas por Anneke durante seus anos de turnês, as cidades envolvidas são: Berlim, Roterdã, Beirute, São Francisco, Rio de Janeiro, Londres, Santiago, Cidade do México, Helsinque, Istanbul e Paris. 

Anneke explica: "Os temas das letras deste álbum giram em torno de cidades e liberdade. A exposição a grandes cidades pode ser esmagadora e você pode se sentir engolido por tudo à sua volta. Ao mesmo tempo, é fácil ser um estranho numa cidade grande, e para mim, isso traz um sentimento de liberdade também (...) A capa representa essa dualidade."  

Eu diria que é um daqueles álbuns que o ouvinte aprende a apreciar com o passar dos dias. Confesso que, de cara, não me agradou, mas, depois de uma segunda, ou terceira avaliação, comecei a ver a beleza de cada detalhe, que vai além da maravilhosa interpretação de Anneke. E, basicamente, o álbum se trata de Anneke, visto que instrumentalmente falando, não temos nada que seja surpreendente, a banda manda muito bem, mas, nada que seja impactante.  

Destaco as faixas, "My Champion - Berlin", que fala sobre uma Berlin Pós-Segunda Guerra Mundial. "The Martyr and the Saint - Beirut", umas das minhas favoritas. "Freedom - Rio", que eu achei uma faixa gostosa de se escutar, com um refrão que gruda fácil, e bons riffs de guitarra. "Days Go By - London", que fala sobre o Grande Incêndio de Londres, ocorrido em 1666, mas que fala sobre esperança também.  "Sail Away - Santiago", que também tem um refrão memorável, e "Valley Of Diamonds - Mexico City", são algumas que me cativaram bastante a medida que fui degustando essa obra. 

Já escutei muitas vezes esse disco desde o seu lançamento, e toda vez que escuto sinto uma ótima sensação, a palavra liberdade impera na minha mente, e é como se, de alguma forma, eu conseguisse passar por cada lugar que Anneke passou. Literalmente, uma viagem musical. 

Em 2019, teremos a VUUR passando por nossas terras, pela primeira vez, e eu não vejo a hora de conferir de perto. 


"In This Moment We Are Free - Cities"
InsideOut Music

1.	My Champion – Berlin
2.	Time – Rotterdam
3.	The Martyr and the Saint – Beirut
4.	The Fire – San Francisco
5.     Freedom – Rio
6.	Days Go By – London
7.	Sail Away – Santiago
8.	Valley of Diamonds – Mexico City
9.	Your Glorious Light Will Shine – Helsinki
10.	Save Me – Istanbul
11.	Reunite! – Paris

As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor


Compartilhar

Comentar via Facebook

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.
Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito e aberto para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.