Para os que respiram música assim como nós


Resenha: The Pale Haunt Departure (2005)

Álbum de Novembers Doom

Acessos: 455


Facilmente um dos melhores da banda!

Autor: Vitor Sobreira

07/07/2018

O Novembers Doom pode ser considerado uma banda especial, pois produz um som dinâmico e valioso, que não se encontra muito fácil por ai. Para aqueles que não dispensam um bom rótulo, o som pode ser definido como Death/Doom Metal, porém, aditivado sem miséria com influências do Progressivo, além de não deixar escapar ótimas melodias e arranjos mais "sofisticados" nos momentos exatos. Em 'The Pale Haunt Departure', temos um exemplo de superação e ao mesmo tempo de uma continua busca pela perfeição.

"Dark World Burden" é um dos maiores chamativos do CD, pois se apresenta de maneira completa, possuindo ritmo mais rápido, refrão ganancioso e um solo bem interessante quase no final. A profunda "Autumn Reflection", a beleza semi-Progressiva de "Through a Child's Eyes" e "Dead Leaf Echo" venceram a difícil tarefa de se sobres saírem entre as outras músicas, igualmente inspiradas e verdadeiras.

É curioso notar a bela capa, onde um espantalho bem humano aparenta estar indo embora do campo, mas sua feição é bem sacana, o que não combinou muito com a atmosfera densa proposta pela massa sonora produzida em larga escala por estes brutamontes yankees. Realmente, muitas vezes as músicas soam sombrias, retratando algo triste, mas que no final, sempre pode aparecer uma luz no fim do túnel.

Todos os músicos merecem destaques individuais por suas performances precisas e técnicas, não há dúvidas, mas como canta esse tal Paul Kuhr, hein!? Vocais rasgados urrados à exaustão, juntamente com outros limpos mais cantados e melancólicos dão uma tônica extra ao trabalho, que diga-se de passagem, foi muito bem produzido e gravado, assim como também é um dos melhores lançados por eles.

O contraste entre o bruto e o lapidado se personificam muitíssimo bem aqui, palavras não bastam para explicar... Se chamou a sua atenção, apenas aprecie!

Os textos publicados na página do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do autor


Compartilhe:

Comente: