Para os que respiram música assim como nós


Resenha: Remixes & Rarezas (2014)

Álbum de Campo

Acessos: 46


Dançante, mas não marcante todo o tempo

Por: Roberto Rillo Bíscaro

16/07/2021

Remixes & Rarezas traz delicionas crocantes e pulantes! Heartbreaks, que já era altamente saltitável, ganhou percussão olodúnica, que fará você balançar o bundão!

3 canções vêm em 2 versões:

- 1987 em remix que não tira o sabor The Cure e ainda adiciona velocidade e barulhinhos eletrônicos, para ficar mais gostosa que o original e versão demo em inglês, que mostra como ficou melhor a versão do álbum, em espanhol.

- Cumbio em 2 remixes: o primeiro tenta deixá-la mais ameaçadora, mas aquele vocal não tem conserto... O outro é daqueles bem “típicos”, que elimina a letra e bota trechitos repetidos. Em qualquer versão, Cumbio desagrada.
- A deliciosa La Marcha Tropical primeiro acrescenta acordeão de milonga ao clima de cumbia da original, mas não a supera. O outro remix fica naquela de repetir trecho da letra ad nauseam sobre fundo eletrônico, um saquinho se comparado ao brejeiro original.

2 registros ao vivo. El Mareo é indie-pop agitada-melancólica com guitarrinha deliciosa. Tuve Sol tem voz feminina que não convence todo o tempo e tem clima bossa-nova às vezes; às vezes bolero, nada marcante. Outras 2 que não constam no álbum de estreia do Campo, são de estúdio. Carmesí é lenta simpática e a instrumental Fobal prova que se o trabalho do Campo fosse assim, não teria graça.

As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor


Compartilhar

Comentar via Facebook

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.
Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito e aberto para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.