Para os que respiram música assim como nós


Resenha: Penetrator (1984)

Álbum de Ted Nugent

Acessos: 99


Tied up in Love, o som inesperado e bom do Ted Nugent em 1984!

Por: alexmachad

22/06/2021

O Ted Nugent em 1984 investiu em um vocalista chamado Brian Howe, que faleceu em 2020. Foi uma mudança de gravadora e a inclusão desse vocalista, que resultou no bom Rock, com ótimo solo de guitarra do Ted Nugent, chamado "Tied up in Love".

O Ted Nugent é um artista polêmico e isso quem é do mundo do Rock sabem bem. Nesse álbum por causa da mudança do vocalista o Ted Nugent parece mais comportado somente tocando guitarra.

Esse não é um álbum que fez grande sucesso no catálogo do Ted Nugent, mas com o teste do tempo esse álbum ainda parece bom.

Os destaques desse álbum são: "Tied up in Love", que tem uma introdução furiosa e um desenvolvimento muito bacana , tornando-se um Rock marcante;  "[Where Do You] Draw the Line", que é um AOR muito bom; "Knockin' at Your Door", que é um AOR maravilhoso, muito bom mesmo; "Thunder Thighs", que tem riffs de guitarra interessantes; "Don't You Want My Love", que tem um riff de guitarra muito bom; "No Man's Land", que muito Rock e muito bem elaborado; "Lean Mean R & R Machine", que é um Rock muito bem elaborado, com influência do Punk e "Blame It on the Night", que tem um riff de guitarra muito bem elaborado.

Uma "ilha perdida" nas discografias dos roqueiros, sendo um álbum com grande influência da década de 80, mas que ouvindo hoje, depois do teste do tempo, não parece datado.

As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor


Compartilhar

Comentar via Facebook

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.
Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito e aberto para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.