Para os que respiram música assim como nós


Resenha: Deep (1989)

Álbum de Peter Murphy

Acessos: 73


Peter Murphy à espera de contatos de extraterrestres

Por: alexmachad

10/06/2021

Esse álbum do britânico Peter Murphy é um dos pontos altos de sua carreira solo. Com som mais acessível, diferente do que fazia na banda Bauhaus, ele consegue agradar uma gama maior de ouvintes, com som de qualidade.  A capa retrata uma fase muito niilista do artista, muito perturbadora para dogmáticos conscientes e inconscientes. Independentemente disso, vamos descrever o conteúdo do álbum:

Os destaques desse álbum de 1989 são:  “Cuts You Up”, que fez muito sucesso e é uma das músicas mais conhecidas do artista; “Deep Ocean Vast Sea”, que é a música de abertura do álbum; “ Shy”, que tem um riff de guitarra bem interessante e uma linha de baixo marcante; “Crystal Wrists”, que tem uma sonoridade mais gótica; “Marlene Dietrich's Favourite Poem”, que tem título autoexplicativo; “Strange Kind Of Love”, que tem pegada Folk, que o título lembra uma música do Renato Russo feita depois e  “The Line Between the Devils Teeth”, que tem uma sonoridade bem oitentista e bem gótica.

Um álbum bem equilibrado do Peter Murphy, que a sonoridade não ficou datada com o teste do tempo, mesmo com sonoridade bem oitentista em algumas músicas.

As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor


Compartilhar

Comentar via Facebook

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.
Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito e aberto para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.