Para os que respiram música assim como nós


Resenha: Hall Of The Mountain King (1987)

Álbum de Savatage

Acessos: 122


O novo Savatage, agora sob as mãos de Paul O'Neill

Por: André Luiz Paiz

09/06/2021

Ciente de que "Fight For The Rock" foi um deslize quase fatal para o Savatage, os irmãos Oliva voltaram fortes em "Hall Of The Mountain King". Prontos para deixar de lado qualquer influência externa, bastou apenas unir suas excelentes composições e os talentos do saudoso Paul O'Neill na produção para que o grupo produzisse o seu primeiro clássico.

São dez faixas simplesmente espetaculares. Trazendo a sonoridade obscura e o heavy metal de volta, além de algumas leves pitadas de hard rock, o disco passa voando, garantindo ao ouvinte a certeza de que ouvirá novamente, provavelmente de imediato. "24 Hrs. Ago" traz peso nos riffs matadores de Criss Oliva, com a voz de Jon Oliva explodindo os falantes. A cadência dá lugar à pesada e eletrizante "Beyond the Doors of the Dark", com sua introdução macabra e vocais magníficos que alternam entre graves e intensos e agudos estridentes. Muito peso energia aqui, é impossível não curtir. "Legions" é heavy metal puro e traz o baixo de Johnny Lee Middleton na dianteira, dando lugar a riffs novamente brilhantes em seguida. E a primeira metade da bolacha é encerrada com a brilhante "Strange Wings", um hard rock simplesmente fantástico e de arrepiar. Aqui há a participação de Ray Gillen (Badlands) nos vocais de apoio.
"Prelude to Madness" é uma interpretação da banda para a suíte Peer Gynt, de Edvard Grieg, e serve de introdução para a magnífica "Hall of the Mountain King". É impossível não se empolgar com o riff de abertura de Criss Oliva aqui. A faixa é um clássico de puro peso, uma paulada. Como contrapeso, "The Price You Pay" traz novamente o lado hard rock da banda, e acerta mais uma vez. E pra quem curte o lado speed da banda dos primeiros discos, "White Witch" está aí, trazendo aquela velocidade que chega perto do thrash e empolga qualquer fã de metal. Por fim, "Last Dawn" é mais uma bela vinheta instrumental, uma linda composição de Criss que prepara o ouvinte para a devastação total que vem a seguir. Sim, a última faixa é "Devastation", outra paulada eletrizante. Com refrão hard e riffs de puro metal, a faixa é sem dúvida outro acerto.

"Hall Of The Mountain King" é obrigatório na coleção de qualquer fã de heavy metal. Um disco perfeito em todos os aspectos, feito por quem realmente ama o que faz. O retorno dos irmãos Oliva aos trilhos foi um grande acerto, e olha que estavam apenas começando a externar o que tinham de melhor.

Tracklist:
24 Hrs. Ago	
Beyond The Doors Of The Dark	
Legions	
Strange Wings	
Prelude To Madness	
Hall Of The Mountain King	
The Price You Pay	
White Witch	
Last Dawn	
Devastation

As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor


Compartilhar

Comentar via Facebook

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.
Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito e aberto para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.