Para os que respiram música assim como nós


Resenha: Tyranny And Mutation (1973)

Álbum de Blue Öyster Cult

Acessos: 69


Impactante!

Por: Fábio Arthur

06/06/2021

O segundo disco do Blue Öyster Cult veio na linha superior a seu debute. No caso, o grupo ainda iria ter seu apogeu, mas aqui, soube como delinear a forma musical.

O Acid Rock, o Heavy e o Hard, tomam proporções enormes e saem do contexto simplório dando moldes ao caminho certeiro.

Apenas um single e Tyranny and Mutation se faz digno, mesmo assim, de um conjunto em estruturas louváveis.

O disco começou ser produzido e gravado em 1972, mas somente saiu meses depois em 1973. Como sempre, a banda recebeu críticas mistas, mas soube elevar toda essa representação mesmo com trajeto complicado.

Alguns destaques são a abertura The Red and The Black, Babe Ice Dog e Teen Archer. 

Desse disco em diante, a banda soaria bem mais ampla, sendo contemplativa e dando vazão para sonoridade e arranjos.

As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor


Compartilhar

Comentar via Facebook

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.
Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito e aberto para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.