Para os que respiram música assim como nós


Resenha: Seu Espião (1984)

Álbum de Kid Abelha

Acessos: 94


Na onda do Pop

Por: Fábio Arthur

02/06/2021

Esta é a estreia do Kid Abelha e os Abóboras Selvagens, banda que, após algum tempo, resolveu abolir o nome complementar. O trabalho soa como deveria, aquele teor Pop com Wave dos anos 80 e se sobressai de forma digna.

A voz ainda fraca de Toller aqui dá vasão em um apanhado gostoso no estúdio e os arranjos e melodias se fundem bem. Disco que conseguiu arrebatar fãs, trouxe a banda como referência por ter uma vocalista e rolou nas rádios com faixas como "Pintura Íntima" e "Como eu Quero". 

O fato de vender bem e tocar no rádio não foi o crucial de vias dos fatos, a crítica desceu a lenha na banda, afirmando que o conteúdo lírico era assim como o som, bem simplório e descartável. Em meu ponto de vista, é um álbum com momentos nobres e outros nada fartos, a banda vinha com essência de época e até mesmo soando sutil e nada Rock and Roll, mas o textual combinava com as canções.

"Alice não Escreva Aquela Carta" e "Fixação" também forma faixas bem recebidas pelos jovens de época. Enfim, com menos de 40 minutos de som e uma produção bem a cara do momento - feita pelo egocêntrico e bem chatinho, Liminha -, marca o tom necessário para o teor compreendido. 

Me lembro de ter comprado esse vinil e realmente eu não o ouvia tanto, mas ele agradava e muito nas festas de família, até mesmo os mais velhos curtiam, já que era algo bem suave e radiofônico; além da voz da Paulinha.

As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor


Compartilhar

Comentar via Facebook

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.
Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito e aberto para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.