Para os que respiram música assim como nós


Resenha: War (1983)

Álbum de U2

Acessos: 105


Holofotes no U2 e no produtor Steve Lillywhite

Por: alexmachad

26/05/2021

A banda irlandesa U2 era um dos modelos a serem seguidos no início da década de 80, onde muitos atribuem o estilo deles ao Simple Minds que surgiu em 1979 (com álbum lançado) e o U2 surgiu depois (com álbum lançado), porém o U2 marcou os 80 com álbuns sólidos, como esse da resenha. Esse álbum foi produzido por Steve Lillywhite e depois desse álbum os holofotes ficaram fortes sobre a banda e sobre o seu produtor.

Na minha opinião, a banda U2 tem duas forças na banda: o guitarrista The Edge, que é um guitarrista inovador, com característica que torna o U2 a banda que é e o vocalista Bono Vox, que é um grande vocalista.

Os destaques desse grande álbum são: "Like a Song", que é meio desconhecida, porém é uma das melhores músicas desse álbum, onde o The Edge toca riffs bons de guitarra e toca ótimo solo; "Surrender", música que o The Edge toca um riff inconfundível que é a cara do U2; "Sunday Bloody Sunday", que fez sucesso e é um dos hinos da banda; "New Year's Day", outro sucesso da banda, que tem ótimo solo de guitarra do The Edge; a música "Drowning Man" e "Red Light";  que é uma grande música e lembra os primeiros álbuns da banda e o The Edge toca riffs muito bons.

Esse álbum mostra que a parceria entre o U2 e o produtor Steve Lillywhite amadureceu e rendeu ótimo álbum.

As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor


Compartilhar

Comentar via Facebook

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.
Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito e aberto para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.