Para os que respiram música assim como nós


Resenha: Masques (1978)

Álbum de Brand X

Acessos: 141


Em época de pandemia ouça Masques do Brand-X

Por: alexmachad

14/04/2021

Em época de pandemia do COVID-19 não podemos deixar de usar máscara e esperar a vacina para todos. Esse álbum instrumental de Jazz Fusion, quase profético dessa pandemia, do ano de 1978 nos traz uma boa mescla do Rock Progressivo e o Jazz-Rock.

O grande destaque, na minha opinião, é a música "The Poke". Essa música é tão complexa, psicodélica e progressiva que parece que os caras tomaram bastante LSD antes de fazê-la.

Nesse álbum o baterista e vocalista Phil Collins (Genesis e carreira solo) não está tocando e sim o Chuck Burgi, que faz ótimo trabalho na bateria.

Outros destaques estão para "Access to Data" que é psicodélica, assim como a música "The Poke", mas tem um solo de guitarra daqueles memoráveis e um final altamente psicodélico.

Para quem curte músicas herméticas, estranhas, psicodélicas também vai curtir as músicas " Deadly Nightshade", "The Ghost Of Mayfield Lodge"	e "Black Moon".

Um álbum para quem curte Rock Progressivo e Jazz Fusion de qualidade e tem a mente aberta para outros tipos de sonoridades.

As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor


Compartilhar

Comentar via Facebook

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.
Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito e aberto para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.