Para os que respiram música assim como nós


Resenha: The Destiny Stone (2004)

Álbum de Pride of Lions

Acessos: 49


Um ótimo segundo trabalho

Por: André Luiz Paiz

22/02/2021

Jim Peterik e Toby Hitchcock chamaram a atenção da mídia ao resgatar a energia do Survivor com o surgimento do grupo Pride Of Lions e seu álbum homônimo, em 2003. Foi uma injeção na veia daquele AOR de extrema qualidade que a banda fez com tanta competência nos anos 80. Fizeram vídeos promocionais, apareceram na TV e venderam bem. Assim, logo voltaram ao estúdio para produzir mais material.

"The Destiny Stone" não é um disco tão forte quanto seu antecessor, talvez por ter sido feito com um pouco de pressa. É claro que temos aqui excelentes melodias e a junção dos vocais dos dois é novamente a grande atração. Mas o disco acaba sendo um pouco longo demais e enfraquece quando está próximo ao final.

O grande destaque aqui é a faixa de abertura: "Courage To Love Somebody" tem excelente interpretação de Toby, encaixando bem com a letra. Um bom AOR, assim como "Parallel Lines", mais densa e focada nos teclados. Das várias baladas, as que mais gosto são "What Kind Of Fool" e "Light From A Distant Shore". Por fim, "Born To Believe In You" - imperdível -, "Man Behind The Mask" e "Destiny Stone" também são de extremo bom gosto e valem a conferência.

Um disco consistente e que serviu para manter a banda em evidência, gerando até um DVD ao vivo: "Live In Belgium". Lá dá pra ver bem como Toby é um grande e privilegiado vocalista. Só sei que, só por Jim Peterik estar fazendo música e nos presenteando com novos discos, é um deleite.

Tracklist:
1		The Courage To Love Somebody
2		Parallel Lines
3		Back To Camelot
4		Born To Believe In You
5		Kind Of Fool
6		Man Behind The Mask
7		Light From A Distant Shore
8		Letter To The Future
9		The Destiny Stone
10		Second Hand Life
11		Falling Back To Then
12		The Gift Of Song

As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor


Compartilhar

Comentar via Facebook

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.
Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito e aberto para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.