Para os que respiram música assim como nós


Resenha: Fleetwood Mac (1975)

Álbum de Fleetwood Mac

Acessos: 70


Poderoso

Por: Fábio Arthur

16/02/2021

Este é décimo disco do grupo e que conta pela primeira vez com Lindsay Buckingham, guitarra, voz, entre outros instrumentos. Também, aqui, marca a segunda vez que a banda chega sem um título propriamente, e sim, o nome do grupo apenas.

Bob Welch, após sua saída, teve esse LP sem sua presença, e assim mesmo, tudo rola de bom gosto e com qualidade suprema.

Stevie Nicks no comando de voz, surte com realeza e a banda floresce entre o mais fino da qualidade musical e sonora. Essa formação permaneceu anos a fio juntos e indo até meados dos anos 80.

O trabalho obteve uma forte aceitação, foram praticamente 5 milhões de álbuns vendidos e isso aliado em mais 4 singles de quebra. O interesse é que os discos posteriores a esse surgiram ainda mais fortalecidos em todos os sentidos, dando força à banda e deixando o grupo lá na ponta do mainstream.

Gosto de Monday Morning, mas também não deixo passar batido a forte Warm Ways. A banda consegue aliar ótima qualidade com evoluções certeiras, e Say You Love Me seria também uma delas.

As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor


Compartilhar

Comentar via Facebook

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.
Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito e aberto para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.