Para os que respiram música assim como nós


Resenha: Curtis (1970)

Álbum de Curtis Mayfield

Acessos: 57


Imediato e sincero

Por: Fábio Arthur

16/02/2021

O disco de estreia de Curtis acaba sendo na cara, um álbum imediato e sincero. Veio com a produção do próprio músico e a Curtom Records colocou a mão na massa para divulgação.

A fonte sonora vem em forma de Pop, Progressivo Pop e o elemento essência, o Soul.

Os singles de trabalho foram, "Move on Up" e "(Don't Worry) If There's  a Hell Below, We're a Going to Go". O trabalho verte em temas como o afro descendente na América e Curtis fora um dos primeiros a elaborar e inserir esses temas nas canções radiofônicas.

O disco na Europa, chegou no top 50 e acabou sendo mais bem aceito nos EUA. A voz elementar o cantor e o estilo sonoro, garantem uma ótima diversão ao ouvinte. 

Em 1972, dois anos após o lançamento, o disco foi aclamado na Academia Francesa de Jazz, na classe R&B. "Miss Black América" soa como um deleite sonoro também e assim o complemento total de obra.

Pode ouvir sem se decepcionar, disco que garante e flui certeiro, sem deixar você enjoado.

As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor


Compartilhar

Comentar via Facebook

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.
Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito e aberto para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.