Para os que respiram música assim como nós


Resenha: We Will Ride (2021)

Álbum de Inglorious

Acessos: 84


Importante, mas não essencial

Por: Diogo Franco

11/02/2021

O disco novo do Inglorious funciona bem, seguindo a linha já executada pela banda, com um hard rock competente, técnico e barulhento, mas sempre carecendo de um algo mais. Até aí nada de anormal em se tratando da banda, já que a irregularidade é uma das marcas de seus trabalhos, não querendo dizer que falta qualidade ou honestidade. 

Dito isso, vamos aos destaques do disco: a abertura com a potente She Won't Let You Go mostra uma banda empolgada e cheia de energia. Messiah vem em seguida com um bom riff que lembra a carreira solo de Slash, com um refrão pra lá de visceral. Medusa vem em seguida fechando a trinca de abertura, com um riff meio bluesy, porém com um refrão fraco. Eye of The Storm se apresenta como balada, porém no refrão muda totalmente o andamento e a sonoridade, soando como um cruzamento do Nickelback com os momentos mais alegres e agitados do Foo Fighters. Daí pra frente o disco soa mais moderno, com um clima tenso e sombrio como nas arrastadas My Misery, Do You Like It, He Will Proved . O clima moderno ainda perdura na canção We Will Meet Again, essa com um dos melhores refrãos do disco. O maior problema desse trabalho não é a modernidade em si, mas a falta de algo realmente novo, sem a sensação de comida requentada. Por exemplo, a canção God Of War tem uma estrofe incrivelmente parecida com Give In To Me do rei do pop, Michael Jackson. O encerramento lembra o Pearl Jam e às vezes o Alice In Chains, com menos urgência e intensidade, diga-se de passagem, apesar do belo refrão. 

Esse álbum está na média, passando no teste apesar de algumas escorregadas. Não vai mudar sua vida, mas no fim das contas continua importante pro cenário atual e relevante apenas pra quem é muito fã.

As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor


Compartilhar

Comentar via Facebook

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.
Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito e aberto para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.