Para os que respiram música assim como nós


Resenha: Policromo (2014)

Álbum de 5 A Seco

MPB

Acessos: 98


MPB-5

Por: Roberto Rillo Bíscaro

02/02/2021

O paulista 5 A Seco é formado por Leo Bianchini, Pedro Altério, Pedro Viáfora, Tó Brandileone e Vinícius Calderoni, que se revezam nos vocais, tocam tudo e compõem. Policromo é MPB pós-Festivais dos anos 60/70 feita por quem cresceu nos anos 80/90. Por isso, tem tudo para agradar diversas gerações.

Ouça Épocas e veja se aquela guitarra não vem do pós-punk britânico tão popular nos 80’s. Sua gelidez contrasta com a intensidade do resto do arranjo e do vocal. Pra geração crescida depois da ditadura, quando muito pode ser falado, o “foda” da letra não deve chocar como àqueles da época dos Festivais.

O “foda” reaparece em Fiat Lux, que mistura cultura erudita latina com rua hip-hopada. O início remete a sambas-canção de outrora, aqueles que mandam a pessoa seguir seu caminho. Mas daí moderniza e o vocal incorpora táticas de rap e um “caralho” na letra, mas não como forma de ofensa ou sexualização. Há décadas Caetano chocou dizendo estar de saco cheio numa letra; hoje é hora de foda e caralho fazerem parte de letras “sérias”.

Em Eu Amo Djavan, a gozação carinhosa com aquelas letras de MPB difíceis de compreender (“cantar é tão bom, entender pra quê?”) se autorrepete. Usando oitentistas ilariês e oblesquibons com mais antigos tongas de mirongas e nomes dadaístas, a letra assume a mesma pose de literata (pop) da moça que diz que não dança poperô (será que os meninos de hoje sabem que a palavra veio do megahit Pump It Up, do belga Technotronic?).

Som de meninos transurbanizados para público igualmente saturado de influências díspares, o 5 a Seco injeta rock no clima nordestino-retirante de Você e Eu e no afro de Nem Tchum.

Necessário que a MPB se transforme – e isso nunca parou – e o 5 a Seco precisa lançar mais álbuns para pintar mais cores nessa mistura de pop com nossas tradições.

As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor


Compartilhar

Comentar via Facebook

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.
Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito e aberto para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.