Para os que respiram música assim como nós


Resenha: Ain't That Good News (1964)

Álbum de Sam Cooke

Acessos: 74


O dono de uma das mais belas e encantadoras vozes já ouvidas até hoje!

Por: Maik Antunes

15/11/2020

Data de março de 1964 o último – e representativo – trabalho, em vida, do cantor, compositor e dono de uma das mais belas, marcantes e encantadoras vozes já ouvidas até hoje: Sam Cooke!

Amparado por um verdadeiro e poderoso exército de músicos, Cooke – por muitos conhecido como o "homem que inventou o Soul mesmo sem o saber", já que transitava pelo que de melhor (em termos de estilos musicais) sua época lhe disponibilizava – cumpre, com "Ain't That Good News" uma dupla função:

•	por um lado, inflama os sentidos com as abrasadoras "Good Times"; "Another Saturday"; "Meet Me At Mary's Place" ou, mesmo, a própria faixa título;

•	por outro lado, arrebata e pacifica todo ânimo com as acalentadoras "Home"; "There'll Be No Second Time"; "The Riddle Song" (tradicional canção que aqui se revigora na impecável voz do artista) e, dentre outras:

•	aquela pela qual Sam Cooke nunca mais seria esquecido: a belíssima e dilacerante "A Change Is Gonna Come", verdadeiro hino dos movimentos pelos Direitos Civis nos Estados Unidos dos anos '60 – mais tarde tema do martírio de Malcolm X, no filme de Spike Lee em 1992.

As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor


Compartilhar

Comentar via Facebook

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.
Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito e aberto para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.