Para os que respiram música assim como nós


Resenha: Grace Under Pressure (1984)

Álbum de Rush

Acessos: 60


Décimo petardo

Autor: Fábio Arthur

16/10/2020

O Rush obteve um grande êxito nos anos 80. Diferente de seu passado intocável e brilhante, aqui em 1984 e com Grace Under Pressure, o grupo seguiu sua linha moderna de época em meio a um nível até mesmo Pop, com pegada progressiva e logicamente muito acima de tantos outros grupos.

O disco chega pela famosa Mercury e traz um pouco mais de 38 minutos de faixas. Assim, com produção acertada e uma arte de capa bem elementar, a banda denota qualidade. As faixas chegaram em vídeos pela MTV e também com uma turnê, que acabou angariando novos fãs e talvez, desagradando alguns das antigas.

"Distant Early Warning", "Red Sector A" e "Between The Wheels" soam muito bem, e no entanto pode-se ouvir o disco todo, pois ele não é exatamente uma obra-prima, mas se sai bem no quesito letras, arranjos e a bateria de Neil; como sempre.

Os textos publicados na página do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do autor


Compartilhe:

Comente: