Para os que respiram música assim como nós


Resenha: Água Do Céu Pássaro (1975)

Álbum de Ney Matogrosso

Acessos: 58


Profundo

Autor: Fábio Arthur

15/09/2020

A primeira obra solo de Ney data com esse disco de 1975, um trabalho que é absurdamente bem colocado e resulta vigorosamente.

No lançamento de primeira prensagem o disco vinha com bônus compacto gravado na Itália. Entre a interpretação fulminante de Ney e sua voz inconfundível, o conteúdo lírico, poético e versado, nos remete ao completo êxtase musical.

Gravando composições de outros, e com essa linda arte de capa, o artista enveredou de forma salutar e brilhante.

Como sempre ocorre com discos muito especiais, nesse também não dou preferência de faixas e sim vale o conteúdo por inteiro.

Os textos publicados na página do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do autor


Compartilhe:

Comente: