Para os que respiram música assim como nós


Resenha: Sambas of the Absurd (2017)

Álbum de Rodrigo Campos

Acessos: 258


Absurdamente bom

Por: Roberto Rillo Bíscaro

30/08/2020

Para os mais aventureiros e vanguardistas, boa pedida é o inquietante Sambas do Absurdo , colaboração entre Rodrigo Campos, Juçara Marçal e Gui Amabis. Oito faixas chamadas Absurdo, diferenciadas por um número.

Tem hora que o álbum poderia ser descrito como Leila Pinheiro numa bad trip. Só que bad, nesse caso, nada tem a ver com a qualidade da música, letras ou interpretação, que são excelentes. Bad no sentido de que em alguns Absurdos, Campos pulveriza o samba e o infesta com samplers, súbitos barulhos lúgubres, guitarreiros nervosos. Mas, não é barulheira rock: é MPB avant-garde, claustrofóbica, às vezes; doce, outras.

As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor


Compartilhar

Comentar via Facebook

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.
Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito e aberto para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.