Para os que respiram música assim como nós


Resenha: Waiting For The Sun (1968)

Álbum de The Doors

Acessos: 338


Sucesso de crítica

Por: Fábio Arthur

25/08/2020

Em 1968 os Doors lançavam seu terceiro trabalho, Waiting for the Sun, esse também foi o disco em que, pela primeira vez, a banda alcançou o número 1 nas paradas. 

O que difere esse dos álbuns anteriores seria o fato de que a banda havia composto parte dele antes até mesmo de gravar o primeiro álbum. A faixa Hello, I Love You foi sucesso de rádio total e o single vendeu bem. Ao mesmo tempo, o grupo tentou um experimento de inserir um dos lados do disco como um poema de Morrison, o que não aconteceu, e assim as canções foram o fator determinante.

O disco traz letras muito fortes e a crítica por esse lado acabou por se voltar contra a banda em certo momento, até mesmo a parte política se moveu contra. Um dos vídeos elaborados para o lançamento foi da faixa The Unknow Soldier e o mesmo detém um teor muito ríspido, realista e chocante.
Love Streets é outro ponto ótimo do trabalho e Spanish Caravan adverte o ouvinte de um dos momentos mais peculiares da obra. Five to One é uma das melhores e traz um Doors mais pesado e um vocal abrangente e rude de Morrison. 

No mais, o álbum segue como inferior aos dois primeiros e talvez, creio eu, da carreira do grupo. Mas enfim, Doors sempre foi bom mesmo quando não tinha o impacto total.

Fica a dica!

As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor


Compartilhar

Comentar via Facebook

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.
Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito e aberto para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.