Para os que respiram música assim como nós


Resenha: Walls And Bridges (1974)

Álbum de John Lennon

Acessos: 180


Lennon solitário e perdido

Autor: André Luiz Paiz

20/07/2020

Composto e gravado durante o famoso "Lost Weekend" de John Lennon, período no qual ficou separado de Yoko Ono e vivendo em Los Angeles por dezoito meses, "Walls And Bridges" traz um Lennon completamente perdido, dependente de álcool e também de um relacionamento estável. Uma fase complicada e que ficou bastante estampada nas músicas deste trabalho.

Em primeiro lugar, gostaria de dar ênfase ao hit "#9 Dream", baseada em um sonho de John. Uma faixa pop linda, melódica e emocionante, e é certamente um dos grandes momentos da carreira de John. Outra faixa que foi hit é a pop dançante "Whatever Gets You Thru the Night", que considero apenas uma boa faixa em comparação com os grandes sucessos de John. Nada brilhante, embora ela tenha uma história engraçada. Elton John era companheiro de balada de Lennon naquele período e apostou com o ex-Beatle que a faixa seria número 1 nas paradas, já que ele próprio não enxergava esse potencial. Caso John perdesse e a faixa estourasse, ele teria que subir ao palco em uma apresentação de sir Elton. O resultado foi que Lennon perdeu e, em 28 de novembro de 1974, em um evento de Ação de Graças no Madison Square Garden, pagou sua promessa. O resultado foi lançado em EP por Elton em 1981, chamado "28th November 1974".
Seguindo adiante, temos muitos momentos que acabam incomodando pelas inúmeras lamentações de Lennon quanto aos seus problemas com Yoko. Neste caso, entram a balada "Nobody Loves You (When You're Down and Out)", a gritaria desnecessária de "What You Got", a dark "Scared" e a pop "Going Down On Love", sendo esta a única das quatro que realmente se destaca pela ótima melodia e estrutura. É compreensível que o casal atravessava um momento difícil, mas estes sentimentos infelizmente não foram convertidos em boas canções. "Old Dirt Road" é uma balada mais densa e com aspecto country, que também tem bons momentos. Foi composta em parceria com outro parceiro de balada de John, Harry Nilsson, enquanto o ex-Beatle colaborava em seu disco "Pussy Cats". "Steel and Glass" soa como uma continuação inferior de "How Do You Sleep?" e "Bless You" é mais uma balada densa que não possui a pegada necessária. Por fim, temos a funky, R&B e instrumental "Beef Jerky", e a cover "Ya Ya", de Lee Dorsey, que pouco acrescentam.

Apesar das algumas críticas que fiz, o disco se destaca pela diversidade musical e pelo esforço de Lennon em lutar contra todos os seus sentimentos. John chegou a dizer que as sessões foram divertidas e produtivas. Inclusive, muito material dessas sessões foram lançadas postumamente no disco "Menlove Ave.", e também fizeram parte do disco de covers seguinte, "Rock 'n' Roll". É um disco que dá pra se aventurar, mas sem esperar muito.

Os textos publicados na página do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do autor


Compartilhe:

Comente: