Para os que respiram música assim como nós


Resenha: The Crest (2010)

Álbum de Axel Rudi Pell

Acessos: 295


Seguindo na medida certa

Por: André Luiz Paiz

16/06/2020

Com "The Crest", Axel Rudi Pell mantém mais uma vez o seu nome como um dos maiores do estilo. Bons riffs, peso, melodia e grandes músicos ao redor, garantem mais um acerto na discografia do cantor.

Os destaques de "The Crest" são praticamente óbvios, já que Axel encaixou a mão desde que Johnny Gioeli integrou o grupo lá atrás, em "Oceans Of Time" (1998). Claro que os discos anteriores são fantásticos também, mas o grupo moldou o seu estilo, conseguiu fãs e também manteve o nome na cena após o encaixe do atual vocalista. Aqui temos também e ainda o grande baterista Mike Terrana, que deixa a sua marca com excelência por onde passa. Com todos estes detalhes, o acerto final fica por conta do setlist que, como sempre, foi construído com dose praticamente ideal de peso, baladas e muito hard melódico.

Minhas sugestões para este trabalho são: "Too Late" - eletrizante, "Devil Zone" - começa como uma balada e cresce com excelente peso e cadência, "Prisoner Of Love" - hard de primeira e "Dark Waves Of The Sea (Oceans Of Time pt 2: The Dark Side)" - porque não pode faltar uma épica nos discos de Axel e mais uma vez funcionou bem, assim como "Dreaming Dead". Na verdade, todas as faixas funcionam bem e apenas a longa e instrumental "Noblesse Oblige" e "Burning Rain" não me cativaram tanto.

"The Crest" traz uma versão estendida de "Dreaming Dead" no formato deluxe, além de um segundo disco com faixas do DVD "One Night Live".

É mais um disco para conferir sem medo, pois a diversão é garantida.

Formação:
Johnny Gioeli - Vocals
Axel Rudi Pell - Guitar
Volker Krawczak - Bass
Mike Terrana - Drums
Ferdy Doernberg - Keyboards

As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor


Compartilhar

Comentar via Facebook

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.
Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito e aberto para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.