Para os que respiram música assim como nós


Resenha: Blow Up Your Video (1988)

Álbum de AC/DC

Acessos: 138


Soando como Rock n' Roll

Autor: Fábio Arthur

10/04/2020

Essa é a sua décima empreitada. Sim, e o AC/DC chegou tentando ficar mais brando, menos surrado e ainda menos comercial que seu petardo disco anterior. O efeito causado anos antes, em 1985, trouxe o grupo perto de um deslize, mas que no entanto não desanimou a banda, tanto que eles voltaram à ativa e com força total.

Para crítica, a banda passaria invisível durante anos e até 1990, mas aqui, com "Blow  up your Video!", obtivemos uma obra coesa e sensata. Disco de rock puro, metendo as caras no bluesy sutil e fervendo de empolgação. 

Harry Wanda voltou na produção, e a banda necessitava algo na linha antiga. Enfim, até um pouco daquele Hard de 1977 nós temos aqui.

Malcolm teve problemas na turnê, Cliff baixista também, e assim ambos por vezes foram substituídos em alguns momentos. A banda também diminuiu sua vendagem nas lojas, mas foi bem assistida pelo vídeos inseridos na MTV.

Simon Wright continuou na bateria, sua pegada é firme sim, mas nem de longe chega aos pés de Phil Rudd. O AC/DC na verdade estava em um período dividido em vários sentidos.

"Heatseeker" começa com tudo, rápida e com refrão pegajoso e de bom tom. "That's the Way I Wanna Rock and Roll" também é um destaque e mostra o quanto a veia antiga ainda estava imperando. "Meanstrick" e "Go Zone" chegam lembrando os discos anteriores, mas com vocais menos rudes. "Nick of Time" mostra o mesmo estilo rocker e conforta o fã das antigas. Em "Some Sin for Nothing" o grupo traz uma das melhores faixas do disco e "Ruff Stuff", com seu título e letra sugestiva, vem colaborar para mais uma faixa com riffs gostosos e andamento típico do grupo. Enfim, para o encerramento, a banda traga o teor puxado e embalado na faixa  "This Mean's War". 

Gosto desse disco hoje menos do que outrora, mas ainda assim ele envelheceu bem, soando logicamente datado. A arte de capa trouxe novamente o ar da banda clássica e o som ficou mais intenso que a fase anterior de "Fly on the Wall".  Na verdade, o grupo em "Blow up your Video", demonstra a vontade de ignorar o tempo passado, e querendo sair para um evento positivo. 

Mas AC/DC é banda de cabeceira e todos seus trabalhos têm algo de qualidade.

Os textos publicados na página do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do autor


Compartilhe:

Comente: