Para os que respiram música assim como nós


Resenha: Dr. Feelgood (1989)

Álbum de Mötley Crüe

Acessos: 356


Doutores do Hard

Por: Fábio Arthur

05/04/2020

Em 1º de setembro de 1989, se dava o lançamento dessa pérola em formato musical: "Dr.Feelgood", quinto disco do grupo americano, sendo um álbum de ponta. A mistura entre Hard, Pop e Heavy veio produzida por ninguém menos que Bob Rock. Alto nível!

São mais de 5 milhões de cópias vendidas desse clássico, isso somente nos EUA, rendendo disco de ouro para o grupo.

O trabalho marca duas curiosidades, primeiro participação de Steven Tyler em uma das canções, e outra, esse álbum seria a última obra gravada por Vince Neil nessa primeira fase do grupo.

A Elektra botou a mão na divulgação e o grupo rumou a propagar seu som, e que até essa altura a banda somente colecionava clássicos na discografia. E o som vem embalado com faixas promissoras como: "Dr.Feelgood", "Rattlessnake Shake", "Kikstart my Heart", "Sticky Sweet" com Tyler no apoio vocal, "She's Goes" Down" e "Time for Chance". 

Uma pena Vince ter saído após esse, pois certamente teriam alcançado um resultado melhor no sucessor.

As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor


Compartilhar

Comentar via Facebook

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.
Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito e aberto para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.