Para os que respiram música assim como nós


Resenha: A Day At The Races (1976)

Álbum de Queen

Acessos: 718


Na mesma linha do anterior

Por: André Luiz Paiz

30/07/2019

Pode ter sido intencionalmente, já que "A Night At The Opera" e "A Day At The Races" possuem a mesma variação da arte de capa. Talvez a intenção do grupo seria a de lançar um álbum duplo e a ideia ter sido descartada. Também há o fato de que ambos os trabalhos possuem nomes iguais aos de filmes dos Irmãos Marx. Além disso, durante a audição, essa similaridade se torna ainda mais evidente.

Com o sucesso do álbum anterior e o Queen recebendo máxima atenção, "A Day At The Races" é meio que um porto seguro para a banda, que optou por utilizar os mesmos critérios de composição do antecessor. Se tratando do Queen, isso passa longe de ser ruim, pois temos mais material eclético e de qualidade.

Os destaques aqui são: 
O ótimo rock "Tie Your Mother Down", que se tornou um dos clássicos do grupo.
A balada "You Take My Breath Away", que é quase um lamento de Freddie. Balada linda, que só não agrada os puramente rockeiros.
A também balada "Long Away" de May, que é um deleite para os ouvidos.
A peça eclética "The Millionaire Waltz", que segue a já conhecida integração de música clássica com rock feita pela banda.
A também hit pop "You And I".
O mega hit clássico do rock "Somebody To Love", de Freddie. Simplesmente brilhante.
E as duas baladas "Good Old-Fashioned Lover Boy" e "Teo Torriatte (Let Us Cling Together)", com boas interpretações e melodias.
Por fim, "White Man" é um ótimo rock, principalmente pela melodia mais densa, e "Drowse", de Roger Taylor, é a única que não se destaca tanto quanto poderia.

Defino "A Day At The Races" assim: Não é melhor que seu antecessor, porém ainda é o velho Queen e ainda impressiona.

As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor


Compartilhar

Comentar via Facebook

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.
Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito e aberto para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.