Para os que respiram música assim como nós


Resenha: Life (2019)

Álbum de Hardline

Acessos: 189


Ótimo como sempre

Autor: André Luiz Paiz

05/07/2019

Afim de ouvir algo novo e de maneira mais descompromissada após a audição do longo "The Great Adventure", da The Neal Morse Band, escolhi o novo trabalho do Hardline: "Life". Como sempre, não me arrependi.

Johnny Gioeli é o vocalista que lidera o grupo desde os primórdios, ou seja, desde o início dos anos noventa, período em que lançaram o seu primeiro e maior clássico: "Double Eclipse". "Life" mostra que o grupo segue forte e marcante, com faixas que remetem a todas as fases do grupo e permitem uma excelente audição. E Johnny também é o destaque principal por estar em grande fase, já que lançou "Knights Call" com Axel Rudi Pell, "One Voice" em carreira solo, "Set The World On Fire" com Gioeli-Castronovo e agora este trabalho, tudo em um intervalo de menos de dois anos. É mole? Além disso, seus vocais seguem fortes, marcantes e empolgantes.

"Life" traz ótimos riffs de guitarra, características principais do álbum de estreia do grupo. "Place To Call Home" e "Take A Chance" estão aí para comprovar. Ambas são excelentes. Neste aspecto mais "hard", destaco também as ótimas "Out Of Time", "Story Of My Life", "Handful Of Sand" e "Chameleon", que começa suave e vai crescendo com ótimo resultado. Há também a faixa "Helio's Sun", mas que não se destaca tanto.
Nas baladas, "Page Of Your Life" e "This Love" agradam bastante, seguindo bem as características do estilo que mescla AOR com hard rock. Além delas, há um cover para "Who Wants To Live Forever" do Queen, que ficou bem próximo da versão original, além da belíssima interpretação de Johnny. Por fim, "My friend" é bem tranquila e suave, sendo a escolha da banda para encerramento do álbum.

É difícil Johnny Gioeli decepcionar, portanto, inclua "Life" na sua playlist o mais rápido possível. Aproveite também para conferir os demais lançamentos já citados. Garanto que não se arrependerás.

Os textos publicados na página do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do autor


Compartilhe:

Comente: