Bem-vindo ao 80 Minutos

Nós amamos música e adoramos compartilhar nossas avaliações sobre os álbuns de nossas bandas favoritas.

Resenha: Evergrey - The Atlantic (2019)

Por: João Paulo

Acessos: 313

Compartilhar:

Facebook Twitter
User Photo
Album Cover
Um oceano maravilhoso
5
31/01/2019

Em 25 de janeiro, o Evergrey nos deu este belo presente, “The Atlantic”. 

“The Atlantic”, é o 11° disco de inéditas dos suecos, e fecha uma narrativa que havia sido iniciada em “Hymns For The Broken”, de 2014, passando por “Storm Within”, de 2016.
The Atlantic fecha essa trinca incrível, e até hoje, depois de já conferir o disco, sei lá, pela oitava vez, provavelmente, ainda estou abismado com tamanha qualidade e equilíbrio em cada detalhe apresentado. 

Não tem como falar faixa por faixa, porque o conjunto da obra por inteiro é maravilhoso, até “The Tidal”, que talvez pareça desnecessária, tem sua importância. 

Embora eu não pule faixas de jeito nenhum neste disco, logicamente, tem os pontos altos que ficam por conta de “Weightless”, primeiro vídeo clipe divulgado, “A Secret Atlantis”, a faixa mais pesada do álbum, “End Of Silence”, minha favorita, que também teve um vídeo clipe divulgado, “Departure”, a faixa é tão intensa, bela e emocional, que por duas vezes encheu meus olhos de lágrimas, “The Beacon”, com sua atmosfera impactante, e “This Ocean”, que fecha o disco maravilhosamente bem. 

Acho que o mais impressionante aqui é que a fórmula não tem praticamente nada de diferente do que já vimos em discos anteriores do Evergrey, peso, muita melodia, progressividade, uma atmosfera carregada e extremamente emocional, mas, os caras conseguiram trazer isso de uma forma tão bem equilibrada e convincente que o álbum começa e acaba, e você quer mais. Além de não ter momentos maçantes e cansativos, ainda traz uma sucessão de doses de arrepios, os riffs pesadíssimos, solos, teclados e sintetizadores apresentam bem isso. 

Eles prometeram, e realmente, cumpriram! 

Na minha opinião, The Atlantic já é um dos melhores discos de Prog Metal do ano, é um oceano profundo e maravilhoso, que consegue te segurar e não te soltar mais. 

Tom Englund e Cia, começaram 2019 muito bem, agora é esperar e torcer para que nossos produtores os tragam para cá, faço questão de conferir este oceano ao vivo. 

Um oceano maravilhoso
5
31/01/2019

Em 25 de janeiro, o Evergrey nos deu este belo presente, “The Atlantic”. 

“The Atlantic”, é o 11° disco de inéditas dos suecos, e fecha uma narrativa que havia sido iniciada em “Hymns For The Broken”, de 2014, passando por “Storm Within”, de 2016.
The Atlantic fecha essa trinca incrível, e até hoje, depois de já conferir o disco, sei lá, pela oitava vez, provavelmente, ainda estou abismado com tamanha qualidade e equilíbrio em cada detalhe apresentado. 

Não tem como falar faixa por faixa, porque o conjunto da obra por inteiro é maravilhoso, até “The Tidal”, que talvez pareça desnecessária, tem sua importância. 

Embora eu não pule faixas de jeito nenhum neste disco, logicamente, tem os pontos altos que ficam por conta de “Weightless”, primeiro vídeo clipe divulgado, “A Secret Atlantis”, a faixa mais pesada do álbum, “End Of Silence”, minha favorita, que também teve um vídeo clipe divulgado, “Departure”, a faixa é tão intensa, bela e emocional, que por duas vezes encheu meus olhos de lágrimas, “The Beacon”, com sua atmosfera impactante, e “This Ocean”, que fecha o disco maravilhosamente bem. 

Acho que o mais impressionante aqui é que a fórmula não tem praticamente nada de diferente do que já vimos em discos anteriores do Evergrey, peso, muita melodia, progressividade, uma atmosfera carregada e extremamente emocional, mas, os caras conseguiram trazer isso de uma forma tão bem equilibrada e convincente que o álbum começa e acaba, e você quer mais. Além de não ter momentos maçantes e cansativos, ainda traz uma sucessão de doses de arrepios, os riffs pesadíssimos, solos, teclados e sintetizadores apresentam bem isso. 

Eles prometeram, e realmente, cumpriram! 

Na minha opinião, The Atlantic já é um dos melhores discos de Prog Metal do ano, é um oceano profundo e maravilhoso, que consegue te segurar e não te soltar mais. 

Tom Englund e Cia, começaram 2019 muito bem, agora é esperar e torcer para que nossos produtores os tragam para cá, faço questão de conferir este oceano ao vivo. 

Sample photo

Os textos publicados na página do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do autor


Quer Mais?

Veja as nossas recomendações:

Album Cover

Falconer - Falconer (2001)

Bardos, menestréis e guitarras!
5
Por: Tarcisio Lucas
25/02/2019
Album Cover

Savatage - Power Of The Night (1985)

Pegando carona no hard 80
5
Por: Marcel Z. Dio
29/08/2018
Album Cover

Lione/Conti - Lione/Conti (2018)

Uma bela parceria italiana!
4.5
Por: João Paulo
25/10/2018