Bem-vindo ao 80 Minutos

Nós amamos música e adoramos compartilhar nossas avaliações sobre os álbuns de nossas bandas favoritas.

Resenha: Cry of Love - Brother (1993)

Por: Diógenes Ferreira

Acessos: 142

Compartilhar:

Facebook Twitter
User Photo
Album Cover
Um tesouro escondido
4
29/01/2019

Esse disco maravilhoso do Cry of Love já começa com um ‘riff swingado’, cheio de malícia no melhor estilo Ritchie Kotzen com a faixa “Highway Jones” servindo de aperitivo para o restante do álbum. A segunda faixa “Pretty As You Please”, traz um andamento que lembra muito o estilo do Bad Company, inclusive no que diz respeito ao timbre vocal de Kelly Holland, que se assemelha ao do mestre Paul Rodgers. E a essência do Bad Company continua na terceira música “Bad Thing”, daquelas que você acompanha nas palmas ou no estalar de dedos. 

Eis que aquele blues sentimental toma conta do ambiente com “Hand Me Down”, puro ‘feeling’ vocal e principalmente nas seis cordas comandadas por Audley Freed, excelente guitarrista que não obstante, não demoraria muito para deixar a banda e substituir outro grande guitarrista, Marc Ford, no Black Crowes, banda de sonoridade bem semelhante a do Cry of Love, mas que sem dúvida teve muito mais sucesso, reconhecimento e até o apadrinhamento da lenda Jimmy Page. Aí fica fácil, né! 

O Black Crowes conquistou muito respeito e altas vendagens no início dos anos 90 em meio ao domínio do grunge e de forma merecida pois a banda dos irmãos Robinson tinha um certo ‘veneno’ assim como Stones, Zeppelin e Aerosmith, coisa que talvez tenha faltado para o Cry of Love, que apesar do sonzão maravilhoso de seus ótimos músicos, deveria ter ‘incendiado’ mais, se é que o caro leitor me entende! 

Mas enfim, o álbum segue com ótimas canções como “Carnival”, “Peace Pipe”, a baladaça “Saving Grace” e embora a banda não tenha atingido público e mídia com eficiência, mas deixou um tesouro escondido na história, que traz alegria daqueles que adoram garimpar sebos em busca de raridades e satisfação dos apaixonados por Rock/Blues/Southern da melhor qualidade. 

Um tesouro escondido
4
29/01/2019

Esse disco maravilhoso do Cry of Love já começa com um ‘riff swingado’, cheio de malícia no melhor estilo Ritchie Kotzen com a faixa “Highway Jones” servindo de aperitivo para o restante do álbum. A segunda faixa “Pretty As You Please”, traz um andamento que lembra muito o estilo do Bad Company, inclusive no que diz respeito ao timbre vocal de Kelly Holland, que se assemelha ao do mestre Paul Rodgers. E a essência do Bad Company continua na terceira música “Bad Thing”, daquelas que você acompanha nas palmas ou no estalar de dedos. 

Eis que aquele blues sentimental toma conta do ambiente com “Hand Me Down”, puro ‘feeling’ vocal e principalmente nas seis cordas comandadas por Audley Freed, excelente guitarrista que não obstante, não demoraria muito para deixar a banda e substituir outro grande guitarrista, Marc Ford, no Black Crowes, banda de sonoridade bem semelhante a do Cry of Love, mas que sem dúvida teve muito mais sucesso, reconhecimento e até o apadrinhamento da lenda Jimmy Page. Aí fica fácil, né! 

O Black Crowes conquistou muito respeito e altas vendagens no início dos anos 90 em meio ao domínio do grunge e de forma merecida pois a banda dos irmãos Robinson tinha um certo ‘veneno’ assim como Stones, Zeppelin e Aerosmith, coisa que talvez tenha faltado para o Cry of Love, que apesar do sonzão maravilhoso de seus ótimos músicos, deveria ter ‘incendiado’ mais, se é que o caro leitor me entende! 

Mas enfim, o álbum segue com ótimas canções como “Carnival”, “Peace Pipe”, a baladaça “Saving Grace” e embora a banda não tenha atingido público e mídia com eficiência, mas deixou um tesouro escondido na história, que traz alegria daqueles que adoram garimpar sebos em busca de raridades e satisfação dos apaixonados por Rock/Blues/Southern da melhor qualidade. 

Sample photo

Os textos publicados na página do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do autor


Quer Mais?

Veja as nossas recomendações:

Album Cover

The Allman Brothers Band - Brothers and Sisters (1973)

Um dos maiores clássicos do Southern Rock
4.5
Por: Tiago Meneses
30/09/2017
Album Cover

The Allman Brothers Band - At Fillmore East (1971)

Um show histórico e que vai ser lembrado por toda a eternidade.
5
Por: Tiago Meneses
23/04/2018
Album Cover

Blackberry Smoke - The Whippoorwill (2012)

"FAIXA A FAIXA" de The Whippoorwill
4.5
Por: Erick Medeiros Batista
07/06/2019