Bem-vindo ao 80 Minutos

Nós amamos música e adoramos compartilhar nossas avaliações sobre os álbuns de nossas bandas favoritas.

  • Últimas Notas de Eternal Prisoner

Resenha: Axel Rudi Pell - Eternal Prisoner (1992)

Por: André Luiz Paiz

Acessos: 62

Compartilhar:

Facebook Twitter Google +
User Photo
Album Cover
O primeiro com Jeff Scott Soto
4
24/01/2019

Após a rápida passagem de Rob Rock pela banda, o posto de novo vocalista foi entregue para ninguém menos que: Jeff Scott Soto, na época com 26 anos. Chegou mostrando a que veio, com uma performance digna de impressionar.

“Eternal Prisoner” segue a linha de seu antecessor, “Nasty Reputation”, período em que Axel Rudi Pell começava a formar e definir a identidade do grupo. A produção deste trabalho soa forte e marcante, principalmente no som das guitarras. Além disso, a combinação de ótimas faixas e a participação de grandes músicos elevou ainda mais o status da banda.

Aqui você encontrará hard rock de primeira linha, com momentos mais rápidos como o que encontramos no petardo de abertura “Streets of Fire”. Também temos aquelas faixas grudentas e conduzidas pelas guitarras de Axel. Neste sentido, os destaques são: “Long Time”, “Wheels Rolling On” e a excelente “Shoot Her to the Moon”.
O maior aprimoramento deste trabalho foi no desenvolvimento das faixas mais épicas. Tanto a cadenciada “Eternal Prisoner” quando a pegajosa “Sweet lil' Suzie” são envolventes e mantêm o ouvinte. Esta última inclusive tem uma passagem de percussão bem interessante no meio, que nos faz recordar dos ritmos carnavalescos brasileiros.
A faixa “Ride the Bullet” também é boa, apesar de não se destacar tanto quanto as demais. O mesmo acontece com a balada “Your Life (Not Close Enough to Paradise)”. Já a instrumental “Dreams of Passion” poderia ter facilmente ficado de fora.

Por fim, é impossível não falar da grande exibição de Jörg Michael (Stratovarius, Saxon, etc) na bateria. Um grande talento. Agora, meus amigos, Jeff Scott Soto é de tirar o chapéu. Impressionante o seu alcance e precisão.

Confira este grande lançamento do hard rock dos anos 90.

O primeiro com Jeff Scott Soto
4
24/01/2019

Após a rápida passagem de Rob Rock pela banda, o posto de novo vocalista foi entregue para ninguém menos que: Jeff Scott Soto, na época com 26 anos. Chegou mostrando a que veio, com uma performance digna de impressionar.

“Eternal Prisoner” segue a linha de seu antecessor, “Nasty Reputation”, período em que Axel Rudi Pell começava a formar e definir a identidade do grupo. A produção deste trabalho soa forte e marcante, principalmente no som das guitarras. Além disso, a combinação de ótimas faixas e a participação de grandes músicos elevou ainda mais o status da banda.

Aqui você encontrará hard rock de primeira linha, com momentos mais rápidos como o que encontramos no petardo de abertura “Streets of Fire”. Também temos aquelas faixas grudentas e conduzidas pelas guitarras de Axel. Neste sentido, os destaques são: “Long Time”, “Wheels Rolling On” e a excelente “Shoot Her to the Moon”.
O maior aprimoramento deste trabalho foi no desenvolvimento das faixas mais épicas. Tanto a cadenciada “Eternal Prisoner” quando a pegajosa “Sweet lil' Suzie” são envolventes e mantêm o ouvinte. Esta última inclusive tem uma passagem de percussão bem interessante no meio, que nos faz recordar dos ritmos carnavalescos brasileiros.
A faixa “Ride the Bullet” também é boa, apesar de não se destacar tanto quanto as demais. O mesmo acontece com a balada “Your Life (Not Close Enough to Paradise)”. Já a instrumental “Dreams of Passion” poderia ter facilmente ficado de fora.

Por fim, é impossível não falar da grande exibição de Jörg Michael (Stratovarius, Saxon, etc) na bateria. Um grande talento. Agora, meus amigos, Jeff Scott Soto é de tirar o chapéu. Impressionante o seu alcance e precisão.

Confira este grande lançamento do hard rock dos anos 90.

Sample photo

Os textos publicados na página do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do autor


Mais Resenhas de Axel Rudi Pell

Album Cover

Axel Rudi Pell - Between The Walls (1994)

Seguindo adiante
3.5
Por: André Luiz Paiz
06/02/2019
Album Cover

Axel Rudi Pell - Black Moon Pyramid (1996)

Transbordando inspiração
4.5
Por: André Luiz Paiz
19/02/2019
Album Cover

Axel Rudi Pell - Nasty Reputation (1991)

O único com Rob Rock
4
Por: André Luiz Paiz
11/01/2019

Quer Mais?

Veja as nossas recomendações:

Album Cover

King Kobra - Thrill Of A Lifetime (1986)

O deslize
3
Por: Johnny Paul
23/10/2017
Album Cover

Lacuna Coil - The 119 Show - Live In London (2018)

Proporcionando um lindo presente aos fãs!
5
Por: João Paulo
13/11/2018
Album Cover

Black Sabbath - Master Of Reality (1971)

Master of Reality é o álbum mais sombrio da era Ozzy.
5
Por: Tiago Meneses
23/10/2017