Bem-vindo ao 80 Minutos

Nós amamos música e adoramos compartilhar nossas avaliações sobre os álbuns de nossas bandas favoritas.

Resenha: Two - Voyeurs (1997)

Por: Fábio Arthur

Acessos: 141

Compartilhar:

Facebook Twitter
User Photo
Album Cover
Experimental, gótico e inovador
5
20/01/2019

Rob Halford acabou mudando sua direção musical nesse projeto chamado Two. Neste ponto, ele trouxe uma veia dinâmica e diferenciada de suas qualidades enquanto compositor e cantor. O disco chega a ser meio industrial, o que faz dele algo bem distinto do restante da carreira do vocalista. 

Foi nessa mesma fase que Halford assumiu sua homossexualidade, o que surpreendeu alguns fãs do Judas Priest, sua antiga banda naquele momento.

O disco chegou ao mercado em 1998 pela Nothing Records e com produção de Bob Marlette.

Ainda assim, se ouve um mínimo de Metal dentro do disco e algumas faixas são bem interessantes, como: "I Am a Pig", "Stutter Kiss" e "If".No mais, o disco segue uma linhagem na transição das miscelâneas musicais inseridas de forma sutis e que veneram algo permeado por trilhas bem cuidadas, mas, logicamente fora do contexto exibido anteriormente nos trabalhos antigos de Halford, como o Fight e Judas Priest. 

Seja curioso, ouça e curta!

Experimental, gótico e inovador
5
20/01/2019

Rob Halford acabou mudando sua direção musical nesse projeto chamado Two. Neste ponto, ele trouxe uma veia dinâmica e diferenciada de suas qualidades enquanto compositor e cantor. O disco chega a ser meio industrial, o que faz dele algo bem distinto do restante da carreira do vocalista. 

Foi nessa mesma fase que Halford assumiu sua homossexualidade, o que surpreendeu alguns fãs do Judas Priest, sua antiga banda naquele momento.

O disco chegou ao mercado em 1998 pela Nothing Records e com produção de Bob Marlette.

Ainda assim, se ouve um mínimo de Metal dentro do disco e algumas faixas são bem interessantes, como: "I Am a Pig", "Stutter Kiss" e "If".No mais, o disco segue uma linhagem na transição das miscelâneas musicais inseridas de forma sutis e que veneram algo permeado por trilhas bem cuidadas, mas, logicamente fora do contexto exibido anteriormente nos trabalhos antigos de Halford, como o Fight e Judas Priest. 

Seja curioso, ouça e curta!

Sample photo

Os textos publicados na página do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do autor


Quer Mais?

Veja as nossas recomendações:

Album Cover

High Spirits - Motivator (2016)

Uma viagem aos anos 80 em grande estilo
4
Por: Mário Pescada
06/05/2018
Album Cover

Mercyful Fate - Don't Break The Oath (1984)

Conseguindo ainda mais destaque
4.5
Por: André Luiz Paiz
18/03/2019
Album Cover

Enforcer - Zenith (2019)

Mudança de sonoridade
2.5
Por: Rafael Lemos
09/05/2019