Bem-vindo ao 80 Minutos

Nós amamos música e adoramos compartilhar nossas avaliações sobre os álbuns de nossas bandas favoritas.

Resenha: Kiss - Sonic Boom (2008)

Por: André Luiz Paiz

Acessos: 52

Compartilhar:

Facebook Twitter Google +
User Photo
Album Cover
Um bom álbum de rock
3.5
10/01/2019

Lançado onze anos após o problemático e também ótimo “Psycho Circus”, “Sonic Boom” foi feito em um período totalmente diferente, em que o Kiss desfrutava do luxo não precisar provar mais nada a ninguém. Assim, decidiram lançar um novo álbum com a intenção de apagar a imagem negativa do anterior, gerada devido aos inúmeros problemas com a reunião da formação original. Paul simplesmente não queria que “Psycho Circus” fosse o último.

O Kiss começou a aquecer os motores para a volta aos estúdios lançando no ano anterior o álbum “Kiss Klassics”, que trouxe regravações feitas em 2008 para quinze clássicos do grupo. Lançado exclusivamente no Japão, veio acompanhado de um DVD com um show realizado no Budokan em 1977. Por se tratar de um bom trabalho, acabou também sendo incluído como segundo disco no pacote deluxe de “Sonic Boom”.

As faixas de “Sonic Boom” são bem legais, principalmente porque referenciam simples e puramente o rock, como o grupo fazia nos velhos tempos. Porém, poucas delas podem ser comparadas aos clássicos da banda, apesar disso não pesar negativamente ao analisar a obra por completo. As exceções neste caso são as excelentes “Modern Day Delilah” e “Say Yeah”, que seriam facilmente hits em outros tempos. Logo atrás na fila, temos outras ótimas faixas como: “When Lightning Strikes”, cantada por Thayer, além de “Never Enough”, “Danger Us” e a pesada “I'm an Animal”. Todas são ótimas. Além delas, destaco por último “Russian Roulette” e “All for the Glory”, esta última cantada por Eric Singer. Por fim, a trinca “Yes I Know (Nobody's Perfect)”, “Stand” e “Hot and Cold” decepcionam um pouco.

Não podemos esquecer também que a capa foi feita novamente por Michael Doret, autor da arte do excelente “Rock And Roll Over”. Ficou bem legal.

Se a intenção do Kiss foi se divertir em estúdio e transparecer isso através das canções de “Sonic Boom”, pode-se dizer que mandaram muito bem.

Tracklist:

Modern Day Delilah	3:37
Russian Roulette	4:32
Never Enough	3:26
Yes I Know (Nobody's Perfect)	3:02
Stand	4:50
Hot And Cold	3:36
All For The Glory	3:49
Danger Us	4:22
I´m An Animal	3:47
When Lightning Strikes	3:45
Say Yeah	4:27

Bonus Audio: KISS Klassics

Deuce	3:07
Detroit Rock City	3:56
Shout It Out Loud	2:53
Hotter Than Hell	3:09
Calling Dr Love	3:25
Love Gun	3:14
I Was Made For Lovin' You	4:41
Heaven's On Fire	3:23
Lick It Up	3:56
I Love It Loud	4:08
Forever	3:52
Christine Sixteen	2:59
Do You Love Me	3:39
Black Diamond	4:19
Rock And Roll All Nite	2:48

Bonus DVD

KISS Live In Buenos Aires	(34:14)
Deuce	
Hotter Than Hell	
C'Mon And Love Me	
Watchin' You	
100,000 Years	
Rock & Roll All Nite

Formação:

Paul Stanley (guitarra e vocal)
Gene Simmons (baixo e vocal)
Tommy Thayer (guitarra e vocal)
Eric Singer (bateria e vocal)

Um bom álbum de rock
3.5
10/01/2019

Lançado onze anos após o problemático e também ótimo “Psycho Circus”, “Sonic Boom” foi feito em um período totalmente diferente, em que o Kiss desfrutava do luxo não precisar provar mais nada a ninguém. Assim, decidiram lançar um novo álbum com a intenção de apagar a imagem negativa do anterior, gerada devido aos inúmeros problemas com a reunião da formação original. Paul simplesmente não queria que “Psycho Circus” fosse o último.

O Kiss começou a aquecer os motores para a volta aos estúdios lançando no ano anterior o álbum “Kiss Klassics”, que trouxe regravações feitas em 2008 para quinze clássicos do grupo. Lançado exclusivamente no Japão, veio acompanhado de um DVD com um show realizado no Budokan em 1977. Por se tratar de um bom trabalho, acabou também sendo incluído como segundo disco no pacote deluxe de “Sonic Boom”.

As faixas de “Sonic Boom” são bem legais, principalmente porque referenciam simples e puramente o rock, como o grupo fazia nos velhos tempos. Porém, poucas delas podem ser comparadas aos clássicos da banda, apesar disso não pesar negativamente ao analisar a obra por completo. As exceções neste caso são as excelentes “Modern Day Delilah” e “Say Yeah”, que seriam facilmente hits em outros tempos. Logo atrás na fila, temos outras ótimas faixas como: “When Lightning Strikes”, cantada por Thayer, além de “Never Enough”, “Danger Us” e a pesada “I'm an Animal”. Todas são ótimas. Além delas, destaco por último “Russian Roulette” e “All for the Glory”, esta última cantada por Eric Singer. Por fim, a trinca “Yes I Know (Nobody's Perfect)”, “Stand” e “Hot and Cold” decepcionam um pouco.

Não podemos esquecer também que a capa foi feita novamente por Michael Doret, autor da arte do excelente “Rock And Roll Over”. Ficou bem legal.

Se a intenção do Kiss foi se divertir em estúdio e transparecer isso através das canções de “Sonic Boom”, pode-se dizer que mandaram muito bem.

Tracklist:

Modern Day Delilah	3:37
Russian Roulette	4:32
Never Enough	3:26
Yes I Know (Nobody's Perfect)	3:02
Stand	4:50
Hot And Cold	3:36
All For The Glory	3:49
Danger Us	4:22
I´m An Animal	3:47
When Lightning Strikes	3:45
Say Yeah	4:27

Bonus Audio: KISS Klassics

Deuce	3:07
Detroit Rock City	3:56
Shout It Out Loud	2:53
Hotter Than Hell	3:09
Calling Dr Love	3:25
Love Gun	3:14
I Was Made For Lovin' You	4:41
Heaven's On Fire	3:23
Lick It Up	3:56
I Love It Loud	4:08
Forever	3:52
Christine Sixteen	2:59
Do You Love Me	3:39
Black Diamond	4:19
Rock And Roll All Nite	2:48

Bonus DVD

KISS Live In Buenos Aires	(34:14)
Deuce	
Hotter Than Hell	
C'Mon And Love Me	
Watchin' You	
100,000 Years	
Rock & Roll All Nite

Formação:

Paul Stanley (guitarra e vocal)
Gene Simmons (baixo e vocal)
Tommy Thayer (guitarra e vocal)
Eric Singer (bateria e vocal)

Sample photo

Os textos publicados na página do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do autor


Mais Resenhas de Kiss

Album Cover

Kiss - Psycho Circus (1998)

Boas músicas em uma reunião desastrosa
4
Por: André Luiz Paiz
17/12/2018
Album Cover

Kiss - Creatures Of The Night (1982)

Pesado!
5
Por: Vitor Sobreira
16/10/2017
Album Cover

Kiss - Dressed To Kill (1975)

Bom, mas sem assustar muito
3.5
Por: André Luiz Paiz
16/03/2018

Quer Mais?

Veja as nossas recomendações:

Album Cover

Jorn - Heavy Rock Radio (2016)

Uma interessante releitura de grandes clássicos
4
Por: Tiago
29/05/2018
Album Cover

Johnny Gioeli - One Voice (2018)

Johnny e os fãs, unidos para fazer o bem
4.5
Por: André Luiz Paiz
13/12/2018
Album Cover

Steve Hackett - Defector (1980)

Não é o seu melhor, porém, se não existisse você sentiria falta de algo.
3.5
Por: Tiago Meneses
31/01/2018