Bem-vindo ao 80 Minutos

Nós amamos música e adoramos compartilhar nossas avaliações sobre os álbuns de nossas bandas favoritas.

Resenha: Johnny Gioeli - One Voice (2018)

Por: André Luiz Paiz

Acessos: 133

Compartilhar:

Facebook Twitter
User Photo
Album Cover
Johnny e os fãs, unidos para fazer o bem
4.5
13/12/2018

Johnny Gioeli possui uma carreira louvável, com sucessos emplacados em todos os grupos do qual participou. O Hardline surgiu como uma potência do hard rock. Assumiu os vocais deixados por Jeff Scott Soto no grupo Axel Rudi Pell e juntos lançaram belíssimos trabalhos. O mesmo com o Crush 40. Agora, após poder considerar-se musicalmente completo, surge um novo desafio: fazer o bem através da música. Johnny convocou os fãs através do Pledge Music para a criação de um novo álbum solo, chamado “One Voice”. A maior parte dos recursos arrecadados da compra deste CD serão enviados diretamente à família de Joe Barber, um jovem acidentado que ficou paralítico.

O que esperar deste novo trabalho de Johnny? Primeiramente, posso dizer sem medo que este pode ser classificado como algo do tipo “o álbum para se sentir bem de 2018”. São músicas suaves de AOR, que flertam levemente com o hard rock e também com o pop. No meio disso, mais uma performance exemplar deste grande vocalista combinada com canções de melodias fáceis e cativantes. Produzido com apoio da sua equipe da Frontiers, a sonoridade é bem característica e agrada em cheio os fãs do estilo.

Todas faixas são destaque, pois você conseguirá ouvir este CD por completo tranquilamente. As baladas “Price We Pay”, “Oh Fathers” e o hino “One Voice” são extremamente agradáveis. Das faixas que puxam mais para o rock, gostaria de citar as minhas preferidas “Drive”, “It”, “Let Me Know”, “Mind Melt” - que não sai da minha cabeça – e “Hit Me Once, Hit Ya Twice”.

Parabéns a Johnny Gioeli pela iniciativa e também por lançar mais um excelente trabalho. E só para não esquecer, ano que vem tem disco novo do Hardline.

Tracklist:

01. Drive
02. It
03. One Voice
04. Mind Melt
05. Running
06. Deeper
07. Let Me Know
08. Hit Me Once, Hit Ya Twice
09. Price We Pay
10. Out Of Here
11. Oh Fathers

Johnny e os fãs, unidos para fazer o bem
4.5
13/12/2018

Johnny Gioeli possui uma carreira louvável, com sucessos emplacados em todos os grupos do qual participou. O Hardline surgiu como uma potência do hard rock. Assumiu os vocais deixados por Jeff Scott Soto no grupo Axel Rudi Pell e juntos lançaram belíssimos trabalhos. O mesmo com o Crush 40. Agora, após poder considerar-se musicalmente completo, surge um novo desafio: fazer o bem através da música. Johnny convocou os fãs através do Pledge Music para a criação de um novo álbum solo, chamado “One Voice”. A maior parte dos recursos arrecadados da compra deste CD serão enviados diretamente à família de Joe Barber, um jovem acidentado que ficou paralítico.

O que esperar deste novo trabalho de Johnny? Primeiramente, posso dizer sem medo que este pode ser classificado como algo do tipo “o álbum para se sentir bem de 2018”. São músicas suaves de AOR, que flertam levemente com o hard rock e também com o pop. No meio disso, mais uma performance exemplar deste grande vocalista combinada com canções de melodias fáceis e cativantes. Produzido com apoio da sua equipe da Frontiers, a sonoridade é bem característica e agrada em cheio os fãs do estilo.

Todas faixas são destaque, pois você conseguirá ouvir este CD por completo tranquilamente. As baladas “Price We Pay”, “Oh Fathers” e o hino “One Voice” são extremamente agradáveis. Das faixas que puxam mais para o rock, gostaria de citar as minhas preferidas “Drive”, “It”, “Let Me Know”, “Mind Melt” - que não sai da minha cabeça – e “Hit Me Once, Hit Ya Twice”.

Parabéns a Johnny Gioeli pela iniciativa e também por lançar mais um excelente trabalho. E só para não esquecer, ano que vem tem disco novo do Hardline.

Tracklist:

01. Drive
02. It
03. One Voice
04. Mind Melt
05. Running
06. Deeper
07. Let Me Know
08. Hit Me Once, Hit Ya Twice
09. Price We Pay
10. Out Of Here
11. Oh Fathers

Sample photo

Os textos publicados na página do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do autor


Quer Mais?

Veja as nossas recomendações:

Album Cover

Toby Hitchcock - Reckoning (2019)

Apesar dos pesares, mais um dos nomes de peso da Frontiers Music
3
Por: Vitor Sobreira
21/08/2019
Album Cover

W.A.S.P. - The Last Command (1985)

Hard’n’Heavy agressivo, malicioso e polêmico!
3.5
Por: Vitor Sobreira
03/07/2019
Album Cover

Def Leppard - Hysteria (1987)

Histeria total!
5
Por: Fábio Arthur
13/08/2019