Bem-vindo ao 80 Minutos

Nós amamos música e adoramos compartilhar nossas avaliações sobre os álbuns de nossas bandas favoritas.

  • Últimas Notas de The Ungodly Defiance
  • Últimos Álbuns Votados de Daemusinem
  • Album Cover
    The Ungodly Defiance (2017)

    4 Por: Mário Pescada

Resenha: Daemusinem - The Ungodly Defiance (2017)

Por: Mário Pescada

Acessos: 41

Compartilhar:

Facebook Twitter Google +
User Photo
Album Cover
Death Metal esmaga crânios italiano
4
05/12/2018

A cidade de Turim (em italiano Torino e em piemontês Turin) de certa forma é uma velha conhecida dos brasileiros: sede da montadora FIAT, uma das mais antigas instaladas por aqui; sediou por duas vezes a Copa do Mundo da FIFA (1934 e 1990) e possui dois times de futebol que conhecemos bem, o AC Torino e a Juventus FC (ou Vecchia Signora, casa atual do craque Cristiano Ronaldo).

Da parte musical, a cidade gerou uma banda praticamente desconhecida por aqui, o quinteto de death metal DAEMUSINEM. O nome da banda é uma fusão das palavras Musinè (uma montanha próxima de Turim cercada de lendas que vão de aliens, espíritos e forças ocultas até lobisomens e bruxas) e demônio.

“Thy Ungodly Defiance” (2017) é o terceiro disco da banda que já tem quase 20 anos de estrada. O disco é conceitual e relata a história de Fra Dolcino, um frade do século XIII que se rebelou contra o sistema feudal e a hipocrisia católica - sua luta era pelo retorno da Igreja à pobreza e à simplicidade. Como resultado de tamanha afronta, acabou torturado e queimado vivo na fogueira junto com seus seguidores pela Inquisição.

O disco não traz muitas novidades, é verdade, mas seu death metal é muito brutal e cheio de técnica. O destaque maior é para o baterista Luca Pasquini - esse cara deve ter quatro braços, além de tocar muito rápido e preciso, faz diversas viradas, o que ajuda a deixar o som longe da monotonia durante os 30 minutos de duração do disco. Se o leitor quer referências para melhor se situar, eu diria que o som da banda é para apreciadores de DEICIDE, CANNIBAL CORPSE e os brazucas do ANARKHON.

DAEMUSINEM é uma banda que pode cair no gosto dos brasileiros, assim como os italianos do LACUNA COIL, VISION DIVINE e o WHITE SKULL foram acolhidos por nós, basta ter a disposição de conhecer o som esmaga crânios desses caras.

Faixas:
01 Natural Born Satanist
02 Penitenziagite
03 Unholy Trinity
04 Monolithic Confession
05 Gospel Truth Is Bloodshed
06 The Denial Of Dethronement 
07 Despaired Path Of Suffering 
08 Golgotha
09 Execrate The Cursed Martyr

Formação:
Ettore "Doc" Iacomuzio: vocais
Paolo "Panino" Sabbia: guitarra
Andrea "Ciccio" Aimone: guitarra
Luca Pasquini: bateria
Roberto "Rob-s" Siggia: baixo

Death Metal esmaga crânios italiano
4
05/12/2018

A cidade de Turim (em italiano Torino e em piemontês Turin) de certa forma é uma velha conhecida dos brasileiros: sede da montadora FIAT, uma das mais antigas instaladas por aqui; sediou por duas vezes a Copa do Mundo da FIFA (1934 e 1990) e possui dois times de futebol que conhecemos bem, o AC Torino e a Juventus FC (ou Vecchia Signora, casa atual do craque Cristiano Ronaldo).

Da parte musical, a cidade gerou uma banda praticamente desconhecida por aqui, o quinteto de death metal DAEMUSINEM. O nome da banda é uma fusão das palavras Musinè (uma montanha próxima de Turim cercada de lendas que vão de aliens, espíritos e forças ocultas até lobisomens e bruxas) e demônio.

“Thy Ungodly Defiance” (2017) é o terceiro disco da banda que já tem quase 20 anos de estrada. O disco é conceitual e relata a história de Fra Dolcino, um frade do século XIII que se rebelou contra o sistema feudal e a hipocrisia católica - sua luta era pelo retorno da Igreja à pobreza e à simplicidade. Como resultado de tamanha afronta, acabou torturado e queimado vivo na fogueira junto com seus seguidores pela Inquisição.

O disco não traz muitas novidades, é verdade, mas seu death metal é muito brutal e cheio de técnica. O destaque maior é para o baterista Luca Pasquini - esse cara deve ter quatro braços, além de tocar muito rápido e preciso, faz diversas viradas, o que ajuda a deixar o som longe da monotonia durante os 30 minutos de duração do disco. Se o leitor quer referências para melhor se situar, eu diria que o som da banda é para apreciadores de DEICIDE, CANNIBAL CORPSE e os brazucas do ANARKHON.

DAEMUSINEM é uma banda que pode cair no gosto dos brasileiros, assim como os italianos do LACUNA COIL, VISION DIVINE e o WHITE SKULL foram acolhidos por nós, basta ter a disposição de conhecer o som esmaga crânios desses caras.

Faixas:
01 Natural Born Satanist
02 Penitenziagite
03 Unholy Trinity
04 Monolithic Confession
05 Gospel Truth Is Bloodshed
06 The Denial Of Dethronement 
07 Despaired Path Of Suffering 
08 Golgotha
09 Execrate The Cursed Martyr

Formação:
Ettore "Doc" Iacomuzio: vocais
Paolo "Panino" Sabbia: guitarra
Andrea "Ciccio" Aimone: guitarra
Luca Pasquini: bateria
Roberto "Rob-s" Siggia: baixo

Sample photo

Os textos publicados na página do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do autor


Quer Mais?

Veja as nossas recomendações:

Album Cover

In Flames - Reroute to Remain (2002)

Modernidade, sempre!
3.5
Por: Vitor Sobreira
31/10/2017
Album Cover

Novembers Doom - The Pale Haunt Departure (2005)

Facilmente um dos melhores da banda!
5
Por: Vitor Sobreira
07/07/2018
Album Cover

Sadist - Above The Light (1993)

Acima da luz...
4.5
Por: Vitor Sobreira
06/11/2018