Bem-vindo ao 80 Minutos

Nós amamos música e adoramos compartilhar nossas avaliações sobre os álbuns de nossas bandas favoritas.

Resenha: Big Big Train - The Underfall Yard (2009)

Por: André Luiz Paiz

Acessos: 121

Compartilhar:

Facebook Twitter
User Photo
Album Cover
Mudança de status: de notável para essencial
4.5
26/09/2017

Big Big Train é uma banda inglesa, ativa desde os anos 90 e vem sendo mantida desde então pelos grandes Andy Poole e Greg Spawton. Compartilhando o mesmo gosto musical, direcionado para bandas como Genesis, Van der Graaf Generator e IQ, ambos deram início ao direcionamento musical do grupo. Com várias mudanças de formação e lançando álbuns com produção praticamente independente, com vendas de álbuns através do site da banda, foi aqui, com "The Underfall Yard", que as coisas começaram a mudar.
Em 2009, Steve Hughes e Sean Filkins deixaram o grupo e foram substituídos por Nick D'Virgilio, que na época ainda era baterista do Spock's Beard, e o vocalista/flautista David Longdon, respectivamente. Nick inclusive, já havia participado de alguns registros anteriores da banda, apenas como convidado. A mudança surtiu efeito imediato e a nova formação encaixou perfeitamente.
"The Underfall Yard" elevou consideravelmente o status do Big Big Train como banda de rock progressivo. Trata-se de um álbum com belas composições e passagens que remetem ao Genesis, IQ, Dream Theater e Yes, sendo que o destaque fica para Spawton, autor de todas as canções, e para a performance individual de cada integrante. É muito talento em um lugar só.

"Evening Star" é instrumental e possui belas vocalizações de apoio. Uma grande introdução para a espetacular "Master James of St. George", uma das melhores do álbum. 
"Victorian Brickwork" é uma faixa um pouco mais complexa e de difícil assimilação, apesar de bem estruturada. Tanto esta quanto a faixa anterior são dedicadas ao pai de Spawton, falecido previamente ao lançamento do álbum.
"Last Train" é belíssima e fala sobre a história verídica de Mr. Deliaa, da estação de trem Hurn Station.
"Winchester Diver" trata sobre de William Walker, mergulhador, e das terríveis condições em que se submeteu ao executar uma missão no início dos anos 1900 na Catedral de Winchester. A música possui grandes passagens progressivas.
Para finalizar: a magnífica, espetacular e estupenda "The Underfall Yard". Me arrisco sem medo a dizer que esta faixa pode ser comparada com pérolas como: Supper's Ready (Genesis), Ocean Cloud (Marillion) e 2112 (Rush). É uma faixa que fala sobre o mecânico e engenheiro civil Isambard Kingdom Brunel, história inspirada no livro The Hidden Landscape de Richard Fortey. É impossível não se emocionar dentro dos seus 22 minutos e 54 segundos. Uma obra prima!

Antes de finalizar, uma informação interessante sobre o novo vocalista David Longdon: ele ficou em segundo lugar na seleção do Genesis para a substituição de Phil Collins como vocalista para gravação do álbum "Calling All Stations", ficando a vaga com Ray Wilson. Ouça este álbum e imagine o que poderia ter sido do Genesis com a adição de Longdon.

Após "The Underfall Yard", o Big Big Train seguiria em uma crescente impressionante, arrebatando diversos prêmios e lançando mais trabalhos espetaculares.
Longa vida a esta banda espetacular.

Mudança de status: de notável para essencial
4.5
26/09/2017

Big Big Train é uma banda inglesa, ativa desde os anos 90 e vem sendo mantida desde então pelos grandes Andy Poole e Greg Spawton. Compartilhando o mesmo gosto musical, direcionado para bandas como Genesis, Van der Graaf Generator e IQ, ambos deram início ao direcionamento musical do grupo. Com várias mudanças de formação e lançando álbuns com produção praticamente independente, com vendas de álbuns através do site da banda, foi aqui, com "The Underfall Yard", que as coisas começaram a mudar.
Em 2009, Steve Hughes e Sean Filkins deixaram o grupo e foram substituídos por Nick D'Virgilio, que na época ainda era baterista do Spock's Beard, e o vocalista/flautista David Longdon, respectivamente. Nick inclusive, já havia participado de alguns registros anteriores da banda, apenas como convidado. A mudança surtiu efeito imediato e a nova formação encaixou perfeitamente.
"The Underfall Yard" elevou consideravelmente o status do Big Big Train como banda de rock progressivo. Trata-se de um álbum com belas composições e passagens que remetem ao Genesis, IQ, Dream Theater e Yes, sendo que o destaque fica para Spawton, autor de todas as canções, e para a performance individual de cada integrante. É muito talento em um lugar só.

"Evening Star" é instrumental e possui belas vocalizações de apoio. Uma grande introdução para a espetacular "Master James of St. George", uma das melhores do álbum. 
"Victorian Brickwork" é uma faixa um pouco mais complexa e de difícil assimilação, apesar de bem estruturada. Tanto esta quanto a faixa anterior são dedicadas ao pai de Spawton, falecido previamente ao lançamento do álbum.
"Last Train" é belíssima e fala sobre a história verídica de Mr. Deliaa, da estação de trem Hurn Station.
"Winchester Diver" trata sobre de William Walker, mergulhador, e das terríveis condições em que se submeteu ao executar uma missão no início dos anos 1900 na Catedral de Winchester. A música possui grandes passagens progressivas.
Para finalizar: a magnífica, espetacular e estupenda "The Underfall Yard". Me arrisco sem medo a dizer que esta faixa pode ser comparada com pérolas como: Supper's Ready (Genesis), Ocean Cloud (Marillion) e 2112 (Rush). É uma faixa que fala sobre o mecânico e engenheiro civil Isambard Kingdom Brunel, história inspirada no livro The Hidden Landscape de Richard Fortey. É impossível não se emocionar dentro dos seus 22 minutos e 54 segundos. Uma obra prima!

Antes de finalizar, uma informação interessante sobre o novo vocalista David Longdon: ele ficou em segundo lugar na seleção do Genesis para a substituição de Phil Collins como vocalista para gravação do álbum "Calling All Stations", ficando a vaga com Ray Wilson. Ouça este álbum e imagine o que poderia ter sido do Genesis com a adição de Longdon.

Após "The Underfall Yard", o Big Big Train seguiria em uma crescente impressionante, arrebatando diversos prêmios e lançando mais trabalhos espetaculares.
Longa vida a esta banda espetacular.

Sample photo

Os textos publicados na página do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do autor


Mais Resenhas de Big Big Train

Album Cover

Big Big Train - Grimspound (2017)

Uma atmosfera única e universo sonoro deslumbrante.
4.5
Por: Tiago Meneses
28/09/2017
Album Cover

Big Big Train - Folklore (2016)

Um dos grandes álbuns prog de 2016
4.5
Por: Roberto Rillo Bíscaro
27/09/2017
Album Cover

Big Big Train - The Underfall Yard (2009)

Sutileza e beleza em um belíssimo entrelaçamento musical e lírico.
5
Por: Tiago Meneses
07/08/2018

Quer Mais?

Veja as nossas recomendações:

Album Cover

Comedy Of Errors - House of the Mind (2017)

Mais um grande disco da banda.
4
Por: Tiago Meneses
14/10/2017
Album Cover

Rush - Moving Pictures (1981)

Encerrando a fase de ouro com o melhor disco da carreira
5
Por: Marcel Z. Dio
22/06/2018
Album Cover

Magic Pie - Motions Of Desire (2005)

Um disco de música complexa, melódica e poderosa ao mesmo tempo.
4
Por: Tiago Meneses
18/12/2017