Bem-vindo ao 80 Minutos

Nós amamos música e adoramos compartilhar nossas avaliações sobre os álbuns de nossas bandas favoritas.

  • Últimas Notas de Songs For The End Of The World

Resenha: Rick Springfield - Songs For The End Of The World (2012)

Por: André Luiz Paiz

Acessos: 101

Compartilhar:

Facebook Twitter Google +
User Photo
Album Cover
Canções para o fim do mundo
4
26/09/2017

Rick Springfield é um músico de grande talento. O compositor de "Jessie's Girl", hit vencedor de um Grammy na década de 80, segue compondo, gravando e lançando álbuns. Além disso, também gosta de fazer algumas pontas como ator. Curte a série Supernatural? Adivinhe quem faz o papel de Lúcifer na décima segunda temporada? Fãs de Californication também devem recordar de Rick, representando a si mesmo na terceira temporada.

Com uma carreira feita de bons e não tão bons álbuns, "Songs For The End Of The World" merece destaque positivo.
Rick compôs o álbum novamente com seu grande parceiro Matt Bissonette. Conhece? Deixe-me introduzi-lo. Matt é um baixista de primeira, tendo trabalhado com lendas da música como: David Lee Roth, Electric Light Orchestra, Ringo Starr e Elton John. Um músico espetacular.
Continuando, Matt e Rick, sensibilizados pelos temas que afetam o mundo hoje em dia como: guerras, superpopulação e ganância, quiseram simplesmente, em meio desta atmosfera meio obscura, criar um álbum de rock.

A sonoridade de "Songs For The End Of The World" é moderna, empolgante, com grandes melodias e com diversas faixas candidatas a hits do rádio, se os tempos fossem outros. Rick canta muito, toca extremamente bem e é um grande compositor. E tudo isso foi muito bem explorado no álbum.

Faixas de destaque: "Wide Awake", "Our Ship’s Sinking", "I Hate Myself", e as minhas favoritas: "Love Screws Me Up" e "One Way Street".
As baladas "You & Me" e "Gabriel" também são bem legais.

Se você gosta de rock acessível e direcionado ao rádio, mas de qualidade, pode adicionar "Songs For The End Of The World" em sua playlist. Não vai se arrepender.

Canções para o fim do mundo
4
26/09/2017

Rick Springfield é um músico de grande talento. O compositor de "Jessie's Girl", hit vencedor de um Grammy na década de 80, segue compondo, gravando e lançando álbuns. Além disso, também gosta de fazer algumas pontas como ator. Curte a série Supernatural? Adivinhe quem faz o papel de Lúcifer na décima segunda temporada? Fãs de Californication também devem recordar de Rick, representando a si mesmo na terceira temporada.

Com uma carreira feita de bons e não tão bons álbuns, "Songs For The End Of The World" merece destaque positivo.
Rick compôs o álbum novamente com seu grande parceiro Matt Bissonette. Conhece? Deixe-me introduzi-lo. Matt é um baixista de primeira, tendo trabalhado com lendas da música como: David Lee Roth, Electric Light Orchestra, Ringo Starr e Elton John. Um músico espetacular.
Continuando, Matt e Rick, sensibilizados pelos temas que afetam o mundo hoje em dia como: guerras, superpopulação e ganância, quiseram simplesmente, em meio desta atmosfera meio obscura, criar um álbum de rock.

A sonoridade de "Songs For The End Of The World" é moderna, empolgante, com grandes melodias e com diversas faixas candidatas a hits do rádio, se os tempos fossem outros. Rick canta muito, toca extremamente bem e é um grande compositor. E tudo isso foi muito bem explorado no álbum.

Faixas de destaque: "Wide Awake", "Our Ship’s Sinking", "I Hate Myself", e as minhas favoritas: "Love Screws Me Up" e "One Way Street".
As baladas "You & Me" e "Gabriel" também são bem legais.

Se você gosta de rock acessível e direcionado ao rádio, mas de qualidade, pode adicionar "Songs For The End Of The World" em sua playlist. Não vai se arrepender.

Sample photo

Os textos publicados na página do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do autor


Mais Resenhas de Rick Springfield

Album Cover

Rick Springfield - The Snake King (2018)

Tentando superar os obstáculos da vida
4.5
Por: André Luiz Paiz
03/04/2018

Quer Mais?

Veja as nossas recomendações:

Album Cover

Wishbone Ash - Argus (1972)

Um disco de musicalidade precisa e emoção honesta.
5
Por: Tiago Meneses
16/11/2017
Album Cover

Steve Hackett - The Night Siren (2017)

Um disco que abrange incontáveis atmosferas
3.5
Por: Tiago Meneses
30/09/2017
Album Cover

Danzig - Danzig (1988)

Um disco cru, direto, e clássico!
5
Por: Tarcisio Lucas
14/06/2018