Bem-vindo ao 80 Minutos

Nós amamos música e adoramos compartilhar nossas avaliações sobre os álbuns de nossas bandas favoritas.

Resenha: Elton John - Wonderful Crazy Night (2016)

Por: André Luiz Paiz

Acessos: 196

Compartilhar:

Facebook Twitter
User Photo
Album Cover
Mais um registro extremamente agradável de Sir Elton John
4
19/09/2017

"Wonderful Crazy Night", o novo álbum de Sir Elton John e o primeiro com sua banda clássica desde 2006, traz grandes momentos e é uma grata aquisição para os fãs de rock orientado ao pop.
Composto e gravado em um pequeno período de 17 dias, o disco mostra claramente o trabalho em conjunto, como banda, com os músicos simplesmente se divertindo em estúdio e fazendo o que sabem de melhor. Com uma sonoridade setentista, uma variedade de estilos e o resgate de grandes melodias, Elton John acertou em cheio.

A versão convencional do álbum traz 10 músicas. Sinceramente, acredito que seja a melhor opção, já que as faixas bônus são mais complementos que provavelmente ficaram de fora da seleção das melhores para o disco.

Os destaques deste grande álbum são: "Wonderful Crazy Night", "In the Name of You", "Claw Hammer", o hit "Blue Wonderful" (linda faixa), a bela balada "Tambourine" e "The Open Chord". A faixa bônus "Free And Easy" também é bonitinha.

Previamente a esta resenha, no meu texto sobre o novo disco de Roger Waters, relatei a minha satisfação em relação às lendas da música que seguem produzindo e em alta com a criatividade. Definitivamente Sir Elton John faz parte deste plantel.

Mais um registro extremamente agradável de Sir Elton John
4
19/09/2017

"Wonderful Crazy Night", o novo álbum de Sir Elton John e o primeiro com sua banda clássica desde 2006, traz grandes momentos e é uma grata aquisição para os fãs de rock orientado ao pop.
Composto e gravado em um pequeno período de 17 dias, o disco mostra claramente o trabalho em conjunto, como banda, com os músicos simplesmente se divertindo em estúdio e fazendo o que sabem de melhor. Com uma sonoridade setentista, uma variedade de estilos e o resgate de grandes melodias, Elton John acertou em cheio.

A versão convencional do álbum traz 10 músicas. Sinceramente, acredito que seja a melhor opção, já que as faixas bônus são mais complementos que provavelmente ficaram de fora da seleção das melhores para o disco.

Os destaques deste grande álbum são: "Wonderful Crazy Night", "In the Name of You", "Claw Hammer", o hit "Blue Wonderful" (linda faixa), a bela balada "Tambourine" e "The Open Chord". A faixa bônus "Free And Easy" também é bonitinha.

Previamente a esta resenha, no meu texto sobre o novo disco de Roger Waters, relatei a minha satisfação em relação às lendas da música que seguem produzindo e em alta com a criatividade. Definitivamente Sir Elton John faz parte deste plantel.

Sample photo

Os textos publicados na página do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do autor


Quer Mais?

Veja as nossas recomendações:

Album Cover

Renaissance - Turn Of The Cards (1974)

Boa mistura de jazz, rock e folk com ajuda de um belíssimo trabalho orquestral
4
Por: Tiago Meneses
07/03/2019
Album Cover

Genesis - Spot The Pigeon (1976)

O primeiro passo em falso
2.5
Por: Roberto Rillo Bíscaro
05/01/2018
Album Cover

Genesis - The Lamb Lies Down on Broadway (1974)

Músicas e letras com sabor "urbano" que dão à banda uma sonoridade seminova.
4.5
Por: Tiago Meneses
18/01/2018