Bem vindo ao 80 Minutos

Nós amamos música e adoramos compartilhar nossas avaliações sobre os álbuns de nossas bandas favoritas.

  • Últimas Notas de The Snake King

Resenha: Rick Springfield - The Snake King (2018)

Por: André Luiz Paiz

Acessos: 64

Compartilhar:

Facebook Twitter Google +
User Photo
Album Cover
Tentando superar os obstáculos da vida
4.5
03/04/2018

Rick Springfield é um grande talento. Há muito mais nele do que somente "Jessie's Girl", faixa vencedora de um Grammy nos anos 80. Seu mais novo lançamento é o surpreendente "The Snake King", um álbum que você, fã de música boa, não pode deixar de conferir.

"The Snake King" é um álbum excelente. Uma companhia perfeita e um prato cheio para fãs de rock e blues. Blues que, aliás, é basicamente o alicerce de todas as composições aqui presentes. Como o estilo já pede uma certa melancolia, Rick despejou todos os problemas que tem enfrentado nos últimos anos, em suas composições, falando sobre: depressão, questionando religiões e citando até mesmo suicídio, coisa que esteve próxima de lhe acontecer, devido à depressão. Por trás desta melancolia e densidade na temática das letras, somos presenteados com uma faixa melhor do que a outra. Vá por mim, é impossível entediar-se com este álbum. Tudo isso combinado com: produção perfeita, ótimas linhas de guitarras/violões e excelente performance vocal.

Faixas de destaque: Não consigo enumerar os destaques, sinceramente, pois tudo aqui é de altíssimo nível. Assim, vou dizer quais são as minhas favoritas:
"In The Land Of The Blind", que ganhou vídeo oficial. Esta é a mais próxima do rock de rádio, estilo bem explorado por Rick em outros trabalhos.
"Little Demon (Parts 1 And 2)". Pesada, apesar da ótima introdução acústica.
"The Snake King", que é um blues rock com levada country espetacular.
"The Voodoo House", que segue o estilo de "The Snake King", com grandes vocais e ótimas linhas de slide.
Das puramente blues, escolho: "Judas Tree", que nos faz lembrar de Clapton. A belíssima balada "Blues For The Disillusioned", e "Orpheus In The Underworld", que também é uma balada blues com mais de dez minutos. Não se assuste pois, eles passam voando. A letra também é bem legal.

E quanto ao restante do álbum? O nível segue alto, pode confiar. Cabe a você conferir.

Obrigado Rick Springfield! E por favor, fique conosco! A música precisa de você!

Tracklist:

1 - In The Land of the Blind   4:51
2 - The Devil That You Know  3:02
3 - Little Demon  5:21
4 - Judas Tree  3:21
5 - Jesus Was an Atheist  3:14
6 - The Snake King  3:46
7 - God Don't Care  4:59
8 - The Voodoo House  4:45
9 - Suicide Manifesto  2:18
10 - Blues for the Disillusioned  5:40
11 - Santa is an Anagram  2:05
12 - Orpheus in the Underworld  10:07

Tentando superar os obstáculos da vida
4.5
03/04/2018

Rick Springfield é um grande talento. Há muito mais nele do que somente "Jessie's Girl", faixa vencedora de um Grammy nos anos 80. Seu mais novo lançamento é o surpreendente "The Snake King", um álbum que você, fã de música boa, não pode deixar de conferir.

"The Snake King" é um álbum excelente. Uma companhia perfeita e um prato cheio para fãs de rock e blues. Blues que, aliás, é basicamente o alicerce de todas as composições aqui presentes. Como o estilo já pede uma certa melancolia, Rick despejou todos os problemas que tem enfrentado nos últimos anos, em suas composições, falando sobre: depressão, questionando religiões e citando até mesmo suicídio, coisa que esteve próxima de lhe acontecer, devido à depressão. Por trás desta melancolia e densidade na temática das letras, somos presenteados com uma faixa melhor do que a outra. Vá por mim, é impossível entediar-se com este álbum. Tudo isso combinado com: produção perfeita, ótimas linhas de guitarras/violões e excelente performance vocal.

Faixas de destaque: Não consigo enumerar os destaques, sinceramente, pois tudo aqui é de altíssimo nível. Assim, vou dizer quais são as minhas favoritas:
"In The Land Of The Blind", que ganhou vídeo oficial. Esta é a mais próxima do rock de rádio, estilo bem explorado por Rick em outros trabalhos.
"Little Demon (Parts 1 And 2)". Pesada, apesar da ótima introdução acústica.
"The Snake King", que é um blues rock com levada country espetacular.
"The Voodoo House", que segue o estilo de "The Snake King", com grandes vocais e ótimas linhas de slide.
Das puramente blues, escolho: "Judas Tree", que nos faz lembrar de Clapton. A belíssima balada "Blues For The Disillusioned", e "Orpheus In The Underworld", que também é uma balada blues com mais de dez minutos. Não se assuste pois, eles passam voando. A letra também é bem legal.

E quanto ao restante do álbum? O nível segue alto, pode confiar. Cabe a você conferir.

Obrigado Rick Springfield! E por favor, fique conosco! A música precisa de você!

Tracklist:

1 - In The Land of the Blind   4:51
2 - The Devil That You Know  3:02
3 - Little Demon  5:21
4 - Judas Tree  3:21
5 - Jesus Was an Atheist  3:14
6 - The Snake King  3:46
7 - God Don't Care  4:59
8 - The Voodoo House  4:45
9 - Suicide Manifesto  2:18
10 - Blues for the Disillusioned  5:40
11 - Santa is an Anagram  2:05
12 - Orpheus in the Underworld  10:07

Sample photo

Os textos publicados na página do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do autor


Mais Resenhas de Rick Springfield

Album Cover

Rick Springfield - Songs For The End Of The World (2012)

Canções para o fim do mundo
4
Por: André Luiz Paiz
26/09/2017

Quer Mais?

Veja as nossas recomendações:

Album Cover

King Diamond - Abigail (1987)

Um clássico do mestre do horror
5
Por: André Luiz Paiz
15/12/2017
Album Cover

Steve Hackett - Wuthering Nights: Live in Birmingham (2018)

Um mestre da guitarra em ao vivo irretocável
5
Por: Roberto Rillo Bíscaro
08/05/2018
Album Cover

The Who - My Generation (1965)

O surgimento de uma nova geração para o rock
4
Por: André Luiz Paiz
20/02/2018