Bem-vindo ao 80 Minutos

Nós amamos música e adoramos compartilhar nossas avaliações sobre os álbuns de nossas bandas favoritas.

Resenha: Alfredo Dias Gomes - Jam (2018)

Por: André Luiz Paiz

Acessos: 259

Compartilhar:

Facebook Twitter
User Photo
Album Cover
Diversão pura com música de extrema qualidade
4.5
06/03/2018

Alfredo Dias Gomes é um músico fantástico! Comemorando seus 25 anos de carreira, acaba de lançar seu mais novo trabalho, "Jam", seu nono álbum de estúdio. Com uma trajetória recheada de grandes participações ao lado de músicos nacionais como: Ivan Lins, Hermeto Pascoal, Lulu Santos, Lobão e Kid Abelha, Afredo vem nos presentear com um grande registro, em que o título se encaixa perfeitamente.

A música brasileira possui músicos extremamente talentosos. É uma pena que os seus trabalhos acabam ofuscados pela música de má qualidade que encontramos em evidência nas plataformas atuais. Conjuntos e artistas como o Teatro Mágico, Beto Guedes, 14 Bis, Roupa Nova, Sagrado Coração da Terra, e por aí vai... trazem tanta qualidade à música brasileira que a lista pode se tornar imensa. Alfredo Dias Gomes nos faz refletir sobre isso, sobre o quanto é bom ouvir música de qualidade.

"Jam" traz Alfredo acompanhado de outros dois grandes músicos. Julio Maya, que assume as guitarras com precisão máxima, e Marco Bombom no baixo. Para quem não conhece, Marco foi membro da banda Conexão Japeri, que lançou o músico Ed Motta ao mercado musical. Um trio com encaixe perfeito em um álbum com ênfase nas baquetas, mas com espaço para todos.

O álbum é focado diretamente no Jazz Rock, com passagens e temas excelentes, que flertam em alguns momentos com o progressivo e em outros de maneira puramente Rock. O melhor de tudo: diversidade! Nada aqui soa cansativo ou desgastante.

Faixas de destaque: "The Night", que ganha o ouvinte de imediato; "High Speed", em que Bombom apavora; "Spanish", com destaque total para Dias Gomes abusando dos pratos com energia máxima; "Jam", com seu riff bem "Rock"; e "The End" que finaliza os trabalhos com ótimas linhas de guitarra. Acabo de perceber que enumerei cinco das oitos músicas do álbum como destaque. Mas, é isso aí, qualidade pura! Vou enumerar mais uma para fechar com seis: Alfredo apavora em "Experience"!

Gosta de Jazz Rock e música instrumental? Gosta de música de qualidade? Valorize a música brasileira e corra atrás da sua cópia de "Jam". Prepare a sua viagem, coloque o álbum em seu player e siga muito bem acompanhado.

Diversão pura com música de extrema qualidade
4.5
06/03/2018

Alfredo Dias Gomes é um músico fantástico! Comemorando seus 25 anos de carreira, acaba de lançar seu mais novo trabalho, "Jam", seu nono álbum de estúdio. Com uma trajetória recheada de grandes participações ao lado de músicos nacionais como: Ivan Lins, Hermeto Pascoal, Lulu Santos, Lobão e Kid Abelha, Afredo vem nos presentear com um grande registro, em que o título se encaixa perfeitamente.

A música brasileira possui músicos extremamente talentosos. É uma pena que os seus trabalhos acabam ofuscados pela música de má qualidade que encontramos em evidência nas plataformas atuais. Conjuntos e artistas como o Teatro Mágico, Beto Guedes, 14 Bis, Roupa Nova, Sagrado Coração da Terra, e por aí vai... trazem tanta qualidade à música brasileira que a lista pode se tornar imensa. Alfredo Dias Gomes nos faz refletir sobre isso, sobre o quanto é bom ouvir música de qualidade.

"Jam" traz Alfredo acompanhado de outros dois grandes músicos. Julio Maya, que assume as guitarras com precisão máxima, e Marco Bombom no baixo. Para quem não conhece, Marco foi membro da banda Conexão Japeri, que lançou o músico Ed Motta ao mercado musical. Um trio com encaixe perfeito em um álbum com ênfase nas baquetas, mas com espaço para todos.

O álbum é focado diretamente no Jazz Rock, com passagens e temas excelentes, que flertam em alguns momentos com o progressivo e em outros de maneira puramente Rock. O melhor de tudo: diversidade! Nada aqui soa cansativo ou desgastante.

Faixas de destaque: "The Night", que ganha o ouvinte de imediato; "High Speed", em que Bombom apavora; "Spanish", com destaque total para Dias Gomes abusando dos pratos com energia máxima; "Jam", com seu riff bem "Rock"; e "The End" que finaliza os trabalhos com ótimas linhas de guitarra. Acabo de perceber que enumerei cinco das oitos músicas do álbum como destaque. Mas, é isso aí, qualidade pura! Vou enumerar mais uma para fechar com seis: Alfredo apavora em "Experience"!

Gosta de Jazz Rock e música instrumental? Gosta de música de qualidade? Valorize a música brasileira e corra atrás da sua cópia de "Jam". Prepare a sua viagem, coloque o álbum em seu player e siga muito bem acompanhado.

Sample photo

Os textos publicados na página do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do autor


Mais Resenhas de Alfredo Dias Gomes

Album Cover

Alfredo Dias Gomes - Solar (2019)

Ego domado em ótimo CD de fusion brasileiro!
4
Por: Márcio Chagas
07/04/2019

Quer Mais?

Veja as nossas recomendações:

Album Cover

Raul Seixas - O Dia Em Que A Terra Parou (1977)

Lucidez travestida de loucura
5
Por: Marcel Z. Dio
09/04/2019
Album Cover

Milton Nascimento - Clube da Esquina (1972)

Uma das heranças mais valiosas da história da música brasileira.
5
Por: Tiago Meneses
25/04/2018
Album Cover

Luiz Melodia - Pérola Negra (1973)

Fazendo música com a alma
5
Por: Marcel Z. Dio
22/01/2019