Bem-vindo ao 80 Minutos

Nós amamos música e adoramos compartilhar nossas avaliações sobre os álbuns de nossas bandas favoritas.

Resenha: Tyketto - Don't Come Easy (1991)

Por: André Luiz Paiz

Acessos: 173

Compartilhar:

Facebook Twitter
User Photo
Album Cover
Um dos grandes clássicos do Hard Rock
5
18/01/2018

Tyketto é uma banda de Nova Iorque formada inicialmente pelo vocalista Danny Vaughn (ex-Wasted), o guitarrista Brooke St. James, o baixista Jimi Kennedy e o baterista Michael Clayton Arbeeny. Seu álbum de estreia é "Don't Come Easy", lançado em 1991 e é o assunto desta resenha.

Primeiramente, é necessário ressaltar que estamos diante de um clássico do hard rock. Um álbum que se destaca em todos os aspectos, principalmente por ser perfeito em sua produção, possuir performance memorável de todos os músicos - principalmente de Danny - e é épico, melódico e extremamente acessível, mesmo sem fugir de seu estilo principal. Aqui é possível encontrar influências positivas de grandes nomes, principalmente Bon Jovi e Whitesnake.

Ao iniciar a audição com "Forever Young", surge a primeira sensação de satisfação, com a guitarra que nos conduz e ganha o ouvinte logo de cara. A faixa é um hit absoluto e pode ser considerada um hino do hard rock. Fãs do grupo não me deixam mentir. E Danny Vaughn? Que performance!
Não satisfeitos em causar espanto e satisfação somente com a faixa de abertura, "Wings" aterrissa no mesmo nível de sua antecessora. De estrutura perfeita, também é candidata a hino. Cadenciada, com excelentes linhas de guitarra, ótima melodia vocal e um refrão que arrepia.
Os aventureiros e ouvintes de primeira viagem podem estar indagando sobre o que teremos daqui pra frente. É possível manter o nível e magnitude das canções anteriores? Deixe-me responder dizendo, que a próxima faixa, "Burning Down Inside", é a minha favorita. Aqui o ritmo diminui para uma quase balada que vai crescendo e arrepiando absurdamente. Épica ao extremo.
Quebrando um pouco e buscando não se repetir, "Seasons" muda os ritmos e traz diversificação, como um hard rock mais country conduzido pelos violões, como fazia o Bon Jovi em alguns de seus melhores momentos.
Atenção aos emotivos e emotivas, pois "Standing Alone" possui alto risco de provocar lágrimas. Uma balada fantástica, daquelas que passavam os vídeos na MTV durante as tardes e típica dos grandes grupos de hard rock como o Mr. Big e Whitesnake. Só não falarei mais sobre Danny Vaughn para não ficar redundante. O vídeo oficial de "Standing Alone" está disponível no You Tube.
Tyketto também é glam! Cá está a interessante "Lay Your Body Down" para comprovar. Já "Walk On Fire" traz a temática musical das primeiras faixas, lembrando bastante o Whitesnake de início, até que chega ao refrão e se distancia um pouco. Ambas ótimas faixas.
"Nothing But Love" é a cara do Bon Jovi dos anos 80, sendo a que menos prefiro. "Strip Me Down" traz novamente as guitarras à frente, com toques de Mr. Big e novamente Whitesnake.
Encerrando os trabalhos em grande estilo, "Sail Away" começa com violão acústico e Danny à frente com toda sua potência e empolgação. Pouco depois do início, a faixa cresce como uma balada rock conduzida aos riffs e com um refrão perfeito para encerramento do álbum. Ótima faixa!

Em sua maioria, os fãs de Tyketto consideram que o grupo foi injustiçado por ter recebido pouca atenção da mídia no período em que "Don't Come Easy" foi lançado, o que foi convertido em baixa visibilidade. Problemas com sua gravadora também dificultaram as coisas para o lançamento de um segundo trabalho, que acabou sendo postergado e fez a banda ficar até certo ponto em segundo plano. Independente destes problemas, há de se tirar algo de positivo: "Don't Come Easy" é um clássico e está cravado na história da música. 

O Tyketto segue em atividade com Danny novamente nos vocais, tendo lançado os álbuns - "Dig In Deep" e "Reach"- após seu retorno.

Fã de hard rock? Corra atrás de "Don't Come Easy"!

Um dos grandes clássicos do Hard Rock
5
18/01/2018

Tyketto é uma banda de Nova Iorque formada inicialmente pelo vocalista Danny Vaughn (ex-Wasted), o guitarrista Brooke St. James, o baixista Jimi Kennedy e o baterista Michael Clayton Arbeeny. Seu álbum de estreia é "Don't Come Easy", lançado em 1991 e é o assunto desta resenha.

Primeiramente, é necessário ressaltar que estamos diante de um clássico do hard rock. Um álbum que se destaca em todos os aspectos, principalmente por ser perfeito em sua produção, possuir performance memorável de todos os músicos - principalmente de Danny - e é épico, melódico e extremamente acessível, mesmo sem fugir de seu estilo principal. Aqui é possível encontrar influências positivas de grandes nomes, principalmente Bon Jovi e Whitesnake.

Ao iniciar a audição com "Forever Young", surge a primeira sensação de satisfação, com a guitarra que nos conduz e ganha o ouvinte logo de cara. A faixa é um hit absoluto e pode ser considerada um hino do hard rock. Fãs do grupo não me deixam mentir. E Danny Vaughn? Que performance!
Não satisfeitos em causar espanto e satisfação somente com a faixa de abertura, "Wings" aterrissa no mesmo nível de sua antecessora. De estrutura perfeita, também é candidata a hino. Cadenciada, com excelentes linhas de guitarra, ótima melodia vocal e um refrão que arrepia.
Os aventureiros e ouvintes de primeira viagem podem estar indagando sobre o que teremos daqui pra frente. É possível manter o nível e magnitude das canções anteriores? Deixe-me responder dizendo, que a próxima faixa, "Burning Down Inside", é a minha favorita. Aqui o ritmo diminui para uma quase balada que vai crescendo e arrepiando absurdamente. Épica ao extremo.
Quebrando um pouco e buscando não se repetir, "Seasons" muda os ritmos e traz diversificação, como um hard rock mais country conduzido pelos violões, como fazia o Bon Jovi em alguns de seus melhores momentos.
Atenção aos emotivos e emotivas, pois "Standing Alone" possui alto risco de provocar lágrimas. Uma balada fantástica, daquelas que passavam os vídeos na MTV durante as tardes e típica dos grandes grupos de hard rock como o Mr. Big e Whitesnake. Só não falarei mais sobre Danny Vaughn para não ficar redundante. O vídeo oficial de "Standing Alone" está disponível no You Tube.
Tyketto também é glam! Cá está a interessante "Lay Your Body Down" para comprovar. Já "Walk On Fire" traz a temática musical das primeiras faixas, lembrando bastante o Whitesnake de início, até que chega ao refrão e se distancia um pouco. Ambas ótimas faixas.
"Nothing But Love" é a cara do Bon Jovi dos anos 80, sendo a que menos prefiro. "Strip Me Down" traz novamente as guitarras à frente, com toques de Mr. Big e novamente Whitesnake.
Encerrando os trabalhos em grande estilo, "Sail Away" começa com violão acústico e Danny à frente com toda sua potência e empolgação. Pouco depois do início, a faixa cresce como uma balada rock conduzida aos riffs e com um refrão perfeito para encerramento do álbum. Ótima faixa!

Em sua maioria, os fãs de Tyketto consideram que o grupo foi injustiçado por ter recebido pouca atenção da mídia no período em que "Don't Come Easy" foi lançado, o que foi convertido em baixa visibilidade. Problemas com sua gravadora também dificultaram as coisas para o lançamento de um segundo trabalho, que acabou sendo postergado e fez a banda ficar até certo ponto em segundo plano. Independente destes problemas, há de se tirar algo de positivo: "Don't Come Easy" é um clássico e está cravado na história da música. 

O Tyketto segue em atividade com Danny novamente nos vocais, tendo lançado os álbuns - "Dig In Deep" e "Reach"- após seu retorno.

Fã de hard rock? Corra atrás de "Don't Come Easy"!

Sample photo

Os textos publicados na página do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do autor


Quer Mais?

Veja as nossas recomendações:

Album Cover

Lynyrd Skynyrd - Second Helping (1974)

O southern rock com consciência e atitude de sobra
5
Por: Tiago Meneses
27/05/2018
Album Cover

Aerosmith - Rocks (1976)

O disco que definiu a carreira do Aerosmith
5
Por: Marcel Z. Dio
14/07/2018
Album Cover

King Diamond - House Of God (2000)

A Casa de Deus
4
Por: André Luiz Paiz
11/01/2019