Para os que respiram música assim como nós


Resenha: Judas Priest: Decade Of Domination (2020)

Autor(es): Martin Popoff

Relacionado com: Judas Priest

Acessos: 171


Livro cobre com primor a legendária fase 74-84

Por: Mário Pescada

15/02/2021

"JUDAS PRIEST: Decade Of Domination" é o quarto livro do jornalista Martin Popoff que a Editora Denfire traz ao público brasileiro traduzido para o português - que essa parceria seja eterna! Juntando sua visão de crítico musical, de pesquisador e de fã, o resultado é mais um livro cativante e interessante.

O foco do livro é a cobertura do decênio 1974-1984, época em que o JUDAS PRIEST atingiu a invejável marca dez discos lançados, de "Rocka Rolla" (1974) a "Defenders Of The Faith" (1984), sendo que, pelo menos três desses lançamentos, são constantemente citados como clássicos do heavy metal em qualquer lista que se preze.

Mas, antes de dissecar o primeiro lançamento da banda, Popoff nos traz uma rica cobertura dos primórdios do JUDAS PRIEST na então enfumaçada e nada interessante industrial cidade de Birmingham, lá no finalzinho dos anos 60. Essa fase traz duas interessantes curiosidades: nenhum dos membros fundadores da banda durou tempo suficiente para gravar "Rocka Rolla" (1974) e o primeiro show da banda, em 25 de novembro de 1969, contou com a participação de um tal de...Robert Plant!

Se engana quem acha que as coisas foram fáceis para os "Metal Gods": a banda quase se desmancha antes mesmo de gravar o primeiro disco, assinaram contrato com uma gravadora que faliu meses depois, pouco reconhecimento e grana curta, instabilidade na formação e, ainda por cima, a efervescente cena rock do começo dos anos 70, que trazia DEEP PURPLE, os conterrâneos do BLACK SABBATH, BUDGIE, SLADE, TRAPEZE e outras várias bandas da pesada que só faziam o nível ficar cada vez maior, forçando os membros a se darem um ultimato: ou quem estava ali se dedicaria de verdade ou estariam perdendo tempo.

Os pontos decisivos para que o JUDAS PRIEST conseguisse ir para frente mesmo com todas essas adversidades foram, sem sombras de dúvidas, a entrada de Rob Halford no lugar de Alan John Atkins e a chegada de Glenn Tipton consolidando a prática das "guitarras dobradas", influência dos seus ídolos do WISHBONE ASH (o IRON MAIDEN também relatou a mesma influência no livro do Popoff sobre a banda, mas essa é outra história).

Os fãs do JUDAS PRIEST irão encontrar no livro muitos depoimentos dos membros, ex-membros (como o recluso ex-baterista, Les Binks, que abre o jogo e faz algumas declarações fortes), de pessoas próximas a banda e tudo (TUDO mesmo) que rondou o grupo nessa época, além da já característica do Popoff em fazer sua análise faixa a faixa de cada disco - incluindo os dois ao vivo do período.

Dentre as muitas curiosidades que aconteceram nesse período, Popoff, junto com os membros do JUDAS PRIEST, adentra nas resenhas nada favoráveis da imprensa especializada para os primeiros discos, discute a participação de Roger Glover (DEEP PURPLE) como produtor do disco "Sin After Sin" (1977), descreve como o visual do grupo foi mudando até chegar ao icônico couro e arrebites, relembra o processo judicial enfrentado pela banda por conta da acusação de inspiração para o suicídio de dois jovens as vésperas do natal de 1985, revela a parceria acidental com a fabricante de motos Harley Davidson, esclarece os boatos maldosos de que "Unleashed In The East" (1979) seria na verdade "Unleashed In The Studio", relembra o clima ruim na tour de 1981 com o IRON MAIDEN, na época apenas uma banda de abertura, etc.

Há também muitas fotos da banda, de flyers, material promocional e de capas de revistas da época e uma seção discografia super detalhada (data, duração, formação, gravadora). O livro ainda traz de brinde um adesivo bem legal "Metal Gods" e um cartão do tamanho do livro da "1982-83 World Vengeance Tour".

Para adquirir o livro, entre em contato com a Editora Denfire.

Ficha
- Título: Judas Priest: Decade Of Domination (Original: Judas Priest: Decade Of Domination)
- Autor: Martin Popoff / Tradução: Eric Bighetti
- Ano: 2020
- Idioma: Português
- Conteúdo: 208 páginas em papel couché 115 g
- Editora: Denfire https://editoradenfire.com/

As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor


Compartilhar

Comentar via Facebook

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.
Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito e aberto para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.