Para os que respiram música assim como nós


Karina Buhr

BRASIL

Cadastrado por: Roberto Rillo Bíscaro

https://www.karinabuhr.com.br/

Indie Pop

Artistas Similares:

CéuBárbara Eugênia

ID Discogs: 2443274

Compartilhar:


Sobre

Karina nasceu em Salvador. Aos 8 anos, foi morar no Recife, cidade natal de sua mãe, Ingrid Buhr, filha de pai alemão, e viveu intensamente a ebulição musical da cidade desde o começo dos anos 90, primeiro cantando e tocando percussão em vários grupos como os maracatus Estrela Brilhante do Recife e Piaba de Ouro, o Véio Mangaba e suas Pastoras Endiabradas, além de acompanhar cavalos marinho, rodas de coco e ciranda em Recife e no interior de Pernambuco e tocou em bandas como a Eddie, Bonsucesso Samba Clube, Dj Dolores e Orchestra Santa Massa, (com Erasto Vasconcelos e Antônio Nóbrega). Em 1989, com 15 anos, foi morar em Lägerdorf, na Alemanha, com parentes de seu avô materno alemão para aprender a língua. Em 1997 formou a banda Comadre Fulozinha, com a qual lançou 3 discos, integrou trilhas sonoras, como do filme Deus é Brasileiro, fez várias turnês brasileiras e uma turnê mundial de 2 meses, entre França, Suíça, Suécia, Bélgica, Canadá e EUA. Foi com a Comadre Fulozinha que se revelou compositora e também ilustradora, com os desenhos das capas e encartes dos discos da banda (são dela também os desenhos do encarte de “Eu Menti pra Você”).

Radicada em São Paulo desde 2003, integrou a companhia Teatro Oficina Uzina Uzona, a convite do diretor José Celso Martinez Correa. Com o grupo participou de “As Bacantes” e das cinco peças que compõem “Os Sertões”, em temporadas em São Paulo, na turnê brasileira 2007 (Salvador, Recife, Rio de Janeiro, Quixeramobim e Canudos), na gravação dos DVDs e na abertura da temporada 2005/2006 do teatro Volksbühne, em Berlim. Com o grupo ganhou o Prêmio Shell São Paulo de Teatro 2002, na categoria melhor trilha sonora. Karina também integrou a banda da cantora Iara Rennó, como percussionista, em turnê do show Macunaíma Ópera Tupi. Participou das trilhas do filme e da peça “A Máquina” dirigidos por João Falcão, com direção musical de Dj Dolores e fez direção musical da trilha da peça “O Pequenino Grão de Areia”, de João Falcão, dirigida por Luciana Lyra. Tem participações em CDs da Mundo Livre s/a, Eddie, Erasto Vasconcelos, Antônio Nóbrega, Dj Dolores, Cidadão Instigado, Marina Lima, Anelis Assumpção, Bárbara Eugênia e nas coletâneas Reginaldo Rossi, Baião de Viramundo, Pernambuco em Concerto, Music from Pernambuco, Música de Pernambuco, Revista Bexiga Oficina do Samba, + SOMA, entre outras, além de incontáveis coletâneas virtuais, lançadas por blogs e sites de música, pelo mundo afora.[6] Nas palavras da jornalista Patrícia Palumbo: “Tem que ouvir agora mesmo Karina Buhr! Compositora talentosa, singular, de poesia tocante. Canta bonito, escreve letras únicas, tem uma sonoridade incrível, nova, original”.

Estatísticas dos Álbuns de Estúdio


Discografia

CD/LP

Álbum Cover

Eu Menti Pra Você

Karina Buhr

2010

Ainda não avaliado

Vote:

Mais opções:

Ver Mais

Editar

Resenhar

Álbum Cover

Longe de Onde

Karina Buhr

2011

Ainda não avaliado

Vote:

Mais opções:

Ver Mais

Editar

Resenhar

Álbum Cover

Selvática

Karina Buhr

2016

Vote:

Mais opções:

Ver Mais

Editar

Resenhar

Álbum Cover

Desmanche

Karina Buhr

2019

Ainda não avaliado

Vote:

Mais opções:

Ver Mais

Editar

Resenhar


Últimos Álbuns Avaliados

Selvática

Karina Buhr

2016

Roberto Rillo Bíscaro

Selvática

Karina Buhr

2016

Roberto Rillo Bíscaro