Bem-vindo ao 80 Minutos

Nós amamos música e adoramos compartilhar nossas avaliações sobre os álbuns de nossas bandas favoritas.

  • Últimas Resenhas de Campo di Marte
  • Album Cover
    Campo Di Marte (1973)
    3.5 Por: Tiago Meneses

    Riffs pesados e a finesa progressiva da escola italiana.

...

Campo di Marte

Rock Progressivo
País: Itália
http://www.campodimarte.dk/
Cadastrado por: Tiago Meneses

Compartilhar:

Facebook Twitter

Acesso Rápido:

Editar ArtistaCadastrar Novo Álbum

Campo di Marte foi um grupo de rock progressivo italiano fundado em 1971 em Florença.

O grupo foi criado por Enrico Rosa, ex-guitarrista do Senso Unico, e por Mauro Sarti, ex-baterista e flautista, do Verde Stagione, com o baixista ítalo-americano Ricard Ursillo, Carlo Marcovecchio, ex-baterista de I Califfi, e Alfredo Barducci, responsável pelo piano, aerofone, órgão e voz. O grupo, ainda que tenha feito numerosos concertos ao vivo, teve uma produção discográfica baseada apenas no álbum homônimo, que foi composto em 1971 e veio a ser publicado dois anos depois, quando a banda já havia praticamente acabado.

Em 1974, Enrico Rosa se transferiu para a Dinamarca, na qual prosseguiu a sua carreira de músico. Em 2003, se reuniu com Mauro Sarti, Eva Rosa, na flauta doce, Matin Alexandr Sass, nos teclados, e Maurilio Rossi, no baixo, para tocar em alguns concertos na Toscana e para gravar o live Concerto zero. Já o disco homônimo foi um conceitual criado em 1971 pelo guitarrista e compositor Enrico Rosa, que também arranjou e produziu a música do álbum que foi gravado em janeiro de 1973.

Enrico utilizou diversas sonoridades com combinações entre os instrumentos acústicos e elétricos, flauta, arcos, órgão, violão, guitarra, bateria, percussões e baixo elétrico.

Essas sonoridades criadas a partir das composições é como uma sinfonia na qual a música conta uma história com as suas profundas emoções.

O nome Campo di Marte, inspirado em uma zona de Florença, foi escolhido durante o período da gravação. Sendo Marte o mítico deus da guerra, remete metaforicamente à ideia de um campo de guerra e em relação a isso as letras se referem à idiotia dos conflitos armados e para completar o pensamento, a capa do velho disco mostrava antigos soldados mercenários turcos que se infligiam feridas com armas diversas para demonstração de força e coragem para assim receber um salário mais alto. O mesmo desenho é usado ainda hoje como símbolo do Campo di Marte e é de propriedade de Enrico Rosa.

Em 1994, o primeiro disco foi reeditado em CD. O disco de 1973, foi publicado pela United Artists, no início, na Itália e América Latina, em seguida, em 1994, em CD, pela Mellow Records. Em 2006, a BTF publicou o trabalho em CD em confecção mini-álbum na sucessão e as letras como escritas originalmente, além de uma reedição do disco em vinil vermelho com a capa original e conteúdo.

Um DVD de filmagens durante a gravação de Concerto Zero, realizado na Dinamarca, em 2004. Uma entrevista com Enrico Rosa feita pela BTF na Itália e Dinamarca, está em poder da BTF, mas até 2009 não tinha sido ainda publicada.


Fonte: Wikipedia

Discografia

CD/LP

Album Cover
Campo Di Marte
1973
3.25  3,25
2 votos
Escolha uma nota:

CD/LP ao Vivo

Album Cover
Concerto Zero : Live 1972/2003
2003

Ainda não avaliado

Escolha uma nota:

Algumas Resenhas de Campo di Marte

Album Cover

Campo Di Marte (1973)

Riffs pesados e a finesa progressiva da escola italiana.
3.5
Por: Tiago Meneses
25/10/2017

Quer Mais?

Veja as nossas recomendações:

Album Cover

Yes - The Ladder (1999)

The Ladder explora vários tipos de música, mas muitas vezes de maneira confusa.
2.5
Por: Tiago Meneses
17/11/2017
Album Cover

Pink Floyd - The Dark Side Of The Moon (1973)

Uma das obras mais significativas do século passado.
5
Por: Tiago Meneses
03/10/2017
Album Cover

Mike Oldfield - Hergest Ridge (1974)

Sem dúvida alguma uma das melhores realizações de Mike Oldfield.
5
Por: Tiago Meneses
17/01/2018