Bem-vindo ao 80 Minutos

Nós amamos música e adoramos compartilhar nossas avaliações sobre os álbuns de nossas bandas favoritas.

...

Paul Simon

Acústico Folk Pop Rock
País: Estados Unidos
http://www.paulsimon.com
Relacionado com: Ray Charles, Simon and Garfunkel
Similar a: Bob Dylan
Cadastrado por: André Luiz Paiz

Compartilhar:

Facebook Twitter

Acesso Rápido:

Editar ArtistaCadastrar Novo Álbum

Paul Frederic Simon (Newark, 13 de Outubro de 1941) é um cantor e compositor norte-americano de música folk rock. Foi considerado o 93º melhor guitarrista de todos os tempos pela revista norte-americana Rolling Stone.

Nascido em Newark, New Jersey, no ano em que os seus pais fixaram aí residência. O seu pai, Louis Simon (n. 1916 - m. 1995) era um professor universitário e também músico e, a sua mãe, Bella Simon (n. 1910 - m. 2007) era professora primária.

Formou no final da década de 1950 o duo "Tom & Jerry" com o amigo de escola Art Garfunkel e chegaram a alcançar visibilidade com "Hey Schoolgirl". Gravaram alguns singles mas a dupla logo se desfez. Simon ainda tentou a sorte com o grupo " Tico & The Triumphs" mas apesar de algumas boas canções ("Motorcycle", " Noise", "Card of Love") o grupo também n"ao alcançou grandes vôos. Simon atendia nessa época pela acunha Jerry Landis. Ambos os trabalhos podem ser encontrados na compilação "Tom & Jerry meet Tico & The Triumphs" e vale a pena conhecer esse registro desconhecido da maioria.

O Sucesso veio apenas em meados da década de 60, com o reencontro com o seu parceiro Art Garfunkel,no disco Wednesday Morning (1964), que continha a clássica faixa The sound of silence, tida por muitos como a melhor de seu repertório. Esse disco não fez sucesso imediato e a dupla Simon & Garfunkel foi novamente desfeita (embora momentaneamente). Paul Simon formou-se em Literatura, para enfim dedicar-se à música e, influenciado por Bob Dylan e a onda folk que varria a América, interpretar suas próprias composições.

Em 1965 Simon foi tentar a sorte no circuito folk de Londres e, ao retornar aos Estados Unidos, encontrou a canção "The sound of silence" no topo das paradas, numa versão com instrumentos elétricos feita por cima da versão acústica gravada no ano anterior. Retomou a parceria com Garfunkel e gravaram um álbum às pressas, acolhido por público e crítica. Lançaram juntos, no total, seis discos, todos disco de ouro por recorde de vendas. Seu folk rock harmonioso e delicado fez muito sucesso com canções como "America", "I am a rock", "The Boxer", "Bridge over troubled water", entre outras.

Porém, em 1968, ainda nas gravações de Bookends, as tensões com Garfunkel começam. Simon achava que se sentia demasiado pressionado e, também como já estava noivo, queria começar uma vida mais familiar. Logo, decidiram gravar apenas só mais um álbum. Bridge Over Troubled Waters, gravado em 1969 e, lançado em 1970, encerra uma carreira que já durava há 13 anos.

Após ter rompido com Garfunkel e, ter seguido carreira solo, produziu obra de grande qualidade, com um sucesso artístico enorme. Em 1974, realizou uma turnê acompanhado de uma banda gospel e um grupo de músicos peruanos, mostrando seu interesse pela cultura de outras nações e que só aumentou com o passar dos anos, gravando com artistas de vários países.

Porém, em 1975, reaviva a amizade com Art Garfunkel e, os dois voltam a trabalhar juntos, na canção My Little Town, do álbum Still Crazy After All These Years. Não tendo produzido mais originais, os dois continuaram a trabalhar juntos ainda hoje, dando concertos memoráveis em toda a parte.

Em 1977, tenta mudar de rumo artístico, iniciando uma carreira como actor. Assim, foi convidado por Woody Allen para participar no filme Annie Hall. Devido ao sucesso do papel, três anos depois, o realizador Robert M. Young convida-o para escrever o argumento para One Trick Pony e, também para o papel principal. Porém, Simon viu que não era no cinema que estava a sua vocação e, abandona a carreira de actor, voltando à música.

Em 1981, junta-se de novo com Art Garfunkel e, os dois dão um memorável concerto no Central Park de Nova Iorque, no dia 19 de Setembro desse ano. O público que compareceu a este show foi estimado em mais de 500 mil pessoas. Muitas chegaram ao Central Park uma semana antes do espetáculo. Algumas fotos foram inclusive colocadas no encarte do disco do show. Além de interpretarem os temas que compuseram juntos, interpretaram também temas a solo de cada um. O Disco/DVD é até hoje um dos grandes êxitos da dupla.

Regressa aos estúdios em 1986, após algum tempo sem gravar, com o álbum Graceland, no qual se destaca o tema You Can Call Me Al. Neste álbum fez-se acompanhar de músicos negros sul-africanos. Ganhou vários prêmios com esse trabalho e sua carreira teve novo momento de sucesso e prestígio nos anos seguintes.

No início dos anos 90, gravou um videoclipe com o grupo brasileiro Olodum. Já usou vários elementos em suas músicas, incluindo reggae.

Em 1991, a 8 de Novembro, dá outro enorme concerto no Central Park, desta vez sozinho, apenas cantando temas que compôs a solo.

Em 2000 actuou no Olympia, em Paris.

Dentre seus maiores sucessos, destacam-se, além dos que gravou com Art Garfunkel, "American Tune", "Mardi Grass", "Kodakchrome", "Graceland".

Fonte: Wikipedia

Discografia

Estatísticas dos Álbuns de Estúdio

CD/LP

Album Cover
The Paul Simon Songbook
1965

Ainda não avaliado

Escolha uma nota:
Album Cover
Paul Simon
1972

Ainda não avaliado

Escolha uma nota:
Album Cover
There Goes Rhymin' Simon
1973

Ainda não avaliado

Escolha uma nota:
Album Cover
Still Crazy After All These Years
1975
4.5  4,5
1 voto
Escolha uma nota:
Album Cover
One-Trick Pony
1980

Ainda não avaliado

Escolha uma nota:
Album Cover
Hearts And Bones
1983
4  4
1 voto
Escolha uma nota:
Album Cover
Graceland
1986
4.75  4,75
2 votos
Escolha uma nota:
Album Cover
The Rhythm Of The Saints
1990

Ainda não avaliado

Escolha uma nota:
Album Cover
Songs From The Capeman
1997

Ainda não avaliado

Escolha uma nota:
Album Cover
You're The One
2000

Ainda não avaliado

Escolha uma nota:
Album Cover
Surprise
2006

Ainda não avaliado

Escolha uma nota:
Album Cover
So Beautiful Or So What
2011

Ainda não avaliado

Escolha uma nota:
Album Cover
Stranger To Stranger
2016

Ainda não avaliado

Escolha uma nota:
Album Cover
In The Bluelight
2018

Ainda não avaliado

Escolha uma nota:

CD/LP ao Vivo

Album Cover
The Concert In Hyde Park
2017

Ainda não avaliado

Escolha uma nota:

Algumas Resenhas de Paul Simon

Album Cover

Still Crazy After All These Years (1975)

O brilhantismo de Paul Simon em evidência
4.5
Por: André Luiz Paiz
31/10/2017
Album Cover

Graceland (1986)

Um clássico da mais pura criatividade
5
Por: André Luiz Paiz
03/12/2017
Album Cover

Hearts And Bones (1983)

Um álbum subestimado, mas recheado de grandes momentos
4
Por: André Luiz Paiz
19/11/2017

Quer Mais?

Veja as nossas recomendações:

Album Cover

Phil Collins - Face Value (1981)

A estreia da faceta pop de Phil Collins
4
Por: André Luiz Paiz
14/08/2017
Album Cover

Bad Company - Bad Company (1974)

Um disco de estreia irrepreensível!
5
Por: Márcio Chagas
31/03/2018
Album Cover

AC/DC - Fly On The Wall (1985)

Diferente, mas ainda mantendo o padrão
5
Por: Fábio Arthur
21/09/2018