Variações sobre um mesmo tema: Led Zeppelin “No Quarter”!

Relacionado com: Led Zeppelin

Artigo

Por: Márcio Chagas

Colaborador Sênior

02/09/2021



O Led Zeppelin pode ser considerado uma das maiores bandas de rock de todos os tempos, mas seu estilo nunca se limitou a ele. O grupo sempre usou elementos de blues, soul, psicodelia, reggae e progressivo em sua música.
E foi exatamente o prog rock que influenciou “No Quarter”. A canção foi composta inicialmente pelo baixista John Paul Jones e apresentada para entrar no Led IV, mas a ideia foi abandonada. Jones retrabalhou a música dando uma ênfase mais progressiva, com o uso de piano acústico, teclados e diversos sintetizadores, além de contar com a ajuda de Robert Plant, que inseriu várias entonações de vocais e Jimmy Page, que aplicou um vari-speed, deixando a canção levemente mais rápida e consequentemente com um clima mais denso e intenso.
Já a letra fala da prática militar de não mostrar misericórdia a um oponente na derrota e do ato corajoso de não pedir misericórdia quando vencido, uma visão sob o prisma da mitologia vikings e nórdica. 
Devidamente rearranjada, o tema entrou no lado B do quinto álbum, “Houses of the Holy”, lançado em março de 1973, e teve importante destaque nas turnês seguintes, pois além de proporcionar a Jonesy seu momento solo ao piano, a canção tinha base para altos improvisos, se transformando em uma pequena Jam session.
“No Quarter” foi tocada pelo quarteto em quase todas as suas  apresentações, sendo excluída somente em sua ultima turnê, “Over Europe” em 1980.
Toda essa riqueza melódica e multiestrutural parece seduzir músicos de todas as vertentes, uma vez que “No Quarter” pode ser considerada uma das canções mais regravadas do repertorio do grupo, e muitas delas ficaram tão estupendas como a versão original.

Led Zeppelin – O2 Arena Londres, Celebration Day 2007. No concerto especial de 2007, o grupo apresentou uma versão mais curta e cadenciada do clássico. Jones brilha no piano como sempre, e o solo de Page é matador.

Govt Mule – Holy Haunted House. O maior representante atual do rock sulista é também conhecido por seus longos shows com inúmeros covers e participações. Em 2008 o grupo foi mais além, regravando “Houses of Holy” de ponta a ponta. A versão para “No Quarter” conta com a voz de Warren Haynes encharcada de Bourbon e aquela guitarra malandra, carregada de wah wah. O órgão de Danny Louis ponteia toda a canção, que ainda conta com o guitarrista Audley Freed, do The Black Crowes.

Quidam – Pod Niebem Czas. Este grupo de rock progressivo polonês fez uma das melhores e mais empolgantes versões para esta canção. Além de elaborarem um arranjo ainda mais progressivo, o grupo utilizou a flauta para fazer contraponto com a guitarra e as camadas de teclados, se destacando inclusive por um solo no melhor estilo Ian Anderson (Jethro Tull). Tudo amparado pela voz ao mesmo tempo doce e potente de Emila Derkowska.

Tool – Salival. Misturando metal progressivo, rock e musica alternativa, os californianos do Tool se tornaram os queridinhos da mídia e público. O grupo lançou um Box set com disco ao vivo, outtakes e VHS / DVD denominado “Salival”, onde esta incluído uma versão para “No Quarter” que seria usada como trilha sonora para o filme “Private Parts”. Porém, posteriormente mudaram de ideia e resolveram incluí-la neste lançamento. A banda investiu em uma variante mais psicodélica, com vocais carregados de efeitos sonoros, reverberações, com guitarras alternando entre o alternativo e o pesado.

Crowbar – Crowbar 1993. O Crowbar é um dos maiores representante do sludge metal, estilo que funde o peso e a cadência do doom com a agressividade do hardcore. O grupo ficou conhecido por ser o projeto do guitarrista e vocalista Kirk Windstein, que integrou o Down de Phil Anselmo (Pantera). No seu segundo álbum autointitulado de 1993 a banda gravou uma versão pesada para “No Quarter”, com paredes de guitarras, vocais rasgados, quase guturais, envoltos pelo estilo cadenciado do doom metal. Embora curta, a versão ficou muito interessante por trazer uma concepção diferente da canção, que certamente agradará os fãs de um maior peso.

Grave Digger – Yesterday. Os decanos do heavy metal gravaram uma versão bem pesada para o clássico do Led Zeppelin, trazendo a composição para o seu território, embora o grupo tenha valorizado algumas passagens mais melódicas com piano e guitarra limpa. Uma versão que me surpreendeu pela espontaneidade e pelo lindo solo dobrado de guitarra.

Moda de Rock – Toca Led Zeppelin. Este duo é formado por Ricardo Virginini e Zé Helder, músicos que integraram o Matuto Moderno e fizeram este projeto com a intenção de tocar grandes clássicos do rock utilizando a viola caipira como base. Seu terceiro disco é totalmente dedicado à banda de Page e Cia, incluindo uma versão instrumental de “No Quarter”. É bem interessante ouvir as melodias ricas deste clássico sob a ótica regionalista de nossas violas.


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Márcio Chagas

Nível: Colaborador Sênior

Membro desde: 14/04/2018

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaPremiata Forneria Marconi - L’isola di Niente (1974)

    24/03/2020

  • Image

    ResenhaAce Frehley - Ace Frehley (1978)

    15/08/2018

  • Image

    ResenhaCaravan - Waterloo Lily (1972)

    21/01/2021

  • Image

    ResenhaGov't Mule - Dose (1998)

    26/09/2018

  • Image

    ResenhaCamel - The Snow Goose (1975)

    21/07/2018

  • Image

    ResenhaFrank Zappa - You Can't Do That On Stage Anymore, Vol. 2 (1988)

    10/11/2018

  • Image

    ResenhaMarillion - Fugazi (1984)

    01/07/2021

  • Image

    ResenhaGong - Gazeuse! (1976)

    21/03/2021

  • Image

    ResenhaDeep Purple - Come Taste The Band (1975)

    18/03/2018

  • Image

    ResenhaMilton Nascimento - Angelus (1994)

    20/06/2020

Visitar a página completa de Márcio Chagas



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.