Bem-vindo ao 80 Minutos

Nós amamos música e adoramos compartilhar nossas avaliações sobre os álbuns de nossas bandas favoritas.

...

Erros de prensagem e outras curiosidades dos LPs e Cds nacionais.

Data: 26/07/2018
Por: Marcel Z. Dio

Acessos: 213

Compartilhar:

Facebook Twitter Google +

Todos sabem que a maioria dos LPs nacionais são de qualidade questionável. Não bastasse isso, ainda temos alguns erros que na época deixaram furiosos os consumidores e hoje são motivos de história pra contar e alegria de alguns colecionadores.

Então vamos a alguns casos curiosos :

Um dos fatos mais estranhos aconteceu com o disco da banda Camel, o A Live Record de 1978.
A prensagem nacional do disco duplo, conseguiu a façanha de inverter o lado 2 do segundo Lp, pois é, a gravação saiu ao contrário !!
Como na época não tinha alternativa, o pessoal passava a gravação para a K7 e invertia o rolo da fita, podendo ouvir normalmente as músicas. 
Se algum jovem de vinte e poucos anos, ouvir isso, vai achar que é piada.

Ao escutar pela primeira vez o Lp Fireball do Deep Purple, percebi outro erro.
A edição inglesa possuía no seu lado A a faixa "Demon's Eye", substituída na versão americana por "Strange Kind Of Woman". Mas, na versão nacional, o que saiu foi a capa da versão inglesa com o conteúdo da versão americana, ou seja, a terceira faixa, que na capa é "Demon's Eye", no disco é "Strange Kind Of Woman". 
Quem tem o disco nacional e não percebeu, pode conferir.

Agora temos o famoso caso de troca de capas. Citarei um bem conhecido da galera e também por mim que possuo o disco do Cirith Ungol.
Aconteceu que o disco King of Death saiu com a capa de Frost And Fire. E se não me engano quem tem o disco Frost and Fire levou a capa do King of Death, pois as duas edições do Cirith Ungol saíram no Brasil.
A troca também aconteceu com o grupo UFO. O disco Force It, por causa da censura, saiu com a capa do No Heavy Petting. Para quem se lembra, a capa original do Force It mostrava um casal seminu se pegando no banheiro, Por isso a censura !
E o pior é que No Heavy Petting também saiu em prensagem nacional, causando mais confusão.

Outra atrocidade aconteceu com o live On Stage do Rainbow, no caso nem foi erro e sim desleixo econômico mesmo. 
O disco duplo saiu como disco simples aqui, e alem disso cortaram alguns solos de guitarra, deixando os brasileiros revoltados.
O famoso álbum duplo Goodbye Yellow Brick Road do Elton John, também saiu em álbum simples por aqui, ridículo !!
Esse tipo de economia foi muito explorado nos anos 80, quem não se lembra da capa de Ride the Lightning do Metallica com aquele papelão de péssima qualidade e sem proteção de verniz?

O rei Roberto Carlos também sofreu com a prensagem do seu vigésimo sexto disco em 1988. Ocorreu um erro de fabrica durante a prensagem que fez algumas faixas "pularem mais do que pipoca na panela". E isso sem o LP apresentar um arranhão sequer.
O defeito foi constatado nas faixas "To Chutando Lata" e "Águia Dourada" ambas no lado A do disco.

Censura ...

Ao ganhar um lote de aproximadamente 100 lps, um disco me chamou atenção na hora em que fui lavar, era da banda Blitz (As Aventuras da Blitz) as duas ultimas faixas não passaram pela censura e foram riscadas "manualmente" por um prego, da pra acreditar ?
As músicas em questão, são : "Ela não quer Morar Comigo na Lua" e " Cruel Cruel Esquizofrenético Blues " Ambas aparecem com uma tarja vermelha sobre o nome na contra capa, alem do selo em preto escrito "atenção".

E não é só no Brasil ...

Em 2001 comprei um CD importado do Ritchie Blackmore, sob o título de Blackmore's Kingdom. Tempos depois, descobri que CD era russo e foi uma falcatrua do mercado negro, pois as canções não eram do ex Deep Purple, e sim de um violonista chamado Greg Joy.
Fato que até hoje passa despercebido por quem tem a mídia pirata. Apesar de tudo, o trabalho é soberbo, superando até mesmo, as obras de Blackmore's Night.

Então é isso, se você tem algum caso curioso sobre LPs ou até mesmo CDs, comente abaixo.


Quer Mais?

Veja as nossas recomendações:

Um ano sem Chris Cornell

Por: Marcio Machado
17/05/2018
Relacionado com: Chris Cornell, Soundgarden

Documentário idealiza o cantor britânico

Por: Roberto Rillo Bíscaro
18/07/2018
Relacionado com: Joe Cocker

Trios elétricos...de rock!

Por: Márcio Chagas
05/08/2018

Rápido, rápido, rapidinho...Os guitarristas mais velozes do planeta.

Por: Márcio Chagas
14/07/2018

A trajetória de um grupo icônico

Por: Roberto Rillo Bíscaro
11/08/2018
Relacionado com: Blondie

"Yesyears" é chapa branca, mas diverte

Por: Roberto Rillo Bíscaro
29/05/2018
Relacionado com: Yes