Resenha

This Was

Álbum de Jethro Tull

1968

CD/LP

Por: Tiago Meneses

Colaborador Especialista

18/03/2019



É mais blues e menos progressivo, mas ainda assim é uma grande estreia

Eu já conhecia o Jethro Tull de outros carnavais, vários dos seus discos já havia tocado aqui em casa, mas nada de eu conhecer onde começou a trajetória daquela banda tão maravilhosa e viciante que eu escutava quase todos os dias. O que eu sabia é que não se tratava de um disco de sonoridade folk como os seus maiores clássicos, mas algo mais dentro da linha do blues, fato esse que eu acho que faz com que esse disco não seja tão bem visto assim por alguns admiradores do grupo. Não é o meu caso, pois o acho muito bom. 

“My Sunday Feeling” é a faixa que dá início ao álbum. Tem uma linha mais caída para o blues, o qual o som peculiar da voz de Ian é excelente, parece até que o cara nasceu pra esse tipo de música e não para o folk. A maneira forte com que foi usada a flauta foi uma boa inovação para época. Mas a música não estaria completa sem a excelente guitarra de Mick Abrahams, que realmente oferece a atmosfera do blues para a faixa

“Some Day The Sun Won't Shine For You” é um excepcional southern blues feito por uma banda britânica, com Ian Anderson demonstrando sua versatilidade com uma performance de gaita nostálgica. Os vocais são simplesmente deliciosos. Confesso que se eu não soubesse que estou ouvindo ao Jethro Tull, certamente pensaria em algo vindo de algum grupo do Mississipi. 

“Beggar's Farm” é uma canção de transição inicial, os primeiros passos que o Jethro Tull deu para o seu som definitivo, mas ainda assim atribuídos ao blues. Novamente a guitarra de Abrahams realmente faz um papel muito importante, criando a atmosfera perfeita. Destaque também para a seção final de flauta que é de tirar o fôlego.

“Move On Alone” é uma boa música, mas devo admitir que é um dos momentos menos inspirados do álbum. Uma espécie de pop orientado pelo blues. Não há muito o que dizer aqui. 

“Serenade To A Cuckoo” é uma música na qual eles tocam uma espécie de jazz com uma flauta fantástica, desempenho esse que encontra um ponto de encontro com a música clássica. Mais uma faixa bastante interessante. 

“Dharma For One” é uma espécie de canção psicodélica em que todos os membros podem tocar um pouco, e é claro que Clive Bunker interpreta um de seus mais memoráveis solos de bateria. Jethro Tull ainda estava em uma luta interna entre Ian Anderson e Mick Abrahams para decidir que caminho eles deveriam tomar e o ecletismo dessa música é uma prova disso. 

Aqui eu posso falar de duas músicas de maneira bem sucinta. "It's Breaking me Up" e "Cat Squirrel" são mais dois excelentes blues, o primeiro mais calcado na linha de blues clássico com gaita e o segundo mais próximo do blues rock com um destaque para um outro impecável trabalho de guitarra de Abrahams.

“A Song For Jeffrey” é pura agressão, com tudo o que a banda recém-nascida tinha em seu arsenal, mas agora você pode também ver as sementes de algo que a banda faria mais tarde, mas ainda misturadas novamente ao southern blues.

“Round” é uma boa música, mas com apenas 1 minuto de duração, funciona como uma corda para o álbum e para a primeira fase blues do Jethro Tull. 

O álbum de estreia do Jethro Tull apresenta a banda fazendo uma sonoridade blues-rock que pode ser colocada em algum lugar entre Cream e Traffic. Logo nos seus primeiros passos já nota-se que o diferencial da banda está na flauta nervosa de Ian Anderson (ainda que a guitarra faça um excelente papel também) e influenciada por Kirk Roland, tanto que a banda faz um cover do músico nesse álbum de estreia através de "Serenade To A Cuckoo" (algo que havia esquecido de mencionar mais acima). This Was pode não ser um álbum com a cara a qual a banda ficou mais conhecida, é mais blues e menos progressivo, mas ainda assim é uma grande estreia.


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Tiago Meneses

Nível: Colaborador Especialista

Membro desde: 28/09/2017

"Sou poeta, contista e apaixonado por música desde os primórdios da minha vida, onde o rock progressivo sempre teve uma cadeira especial."

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaCaravan - If I Could Do It All Over Again, I'd Do It All Over You (1970)

    10/06/2021

  • Image

    ResenhaGenesis - ...And Then There Were Three (1978)

    23/01/2019

  • Image

    ResenhaSteven Wilson - The Raven That Refused to Sing (And Other Stories) (2013)

    24/03/2020

  • Image

    ResenhaJean-Luc Ponty - Enigmatic Ocean (1977)

    01/04/2020

  • Image

    ResenhaAnthony Phillips - Private Parts & Pieces II - Back To The Pavillion (1980)

    20/06/2020

  • Image

    ResenhaGalahad - Quiet Storms (2017)

    20/10/2017

  • Image

    ResenhaPantommind - Shade Of Fate (2005)

    08/06/2020

  • Image

    ResenhaPhideaux - Number Seven (2009)

    30/03/2018

  • Image

    ResenhaAnthony Phillips - Private Parts & Pieces V - Twelve (1984)

    19/01/2021

  • Image

    ResenhaOceansize - Frames (2007)

    31/10/2020

Visitar a página completa de Tiago Meneses



Sobre o álbum

This Was

Álbum disponível na discografia de: Jethro Tull

Ano: 1968

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 4,11 - 9 votos

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Veja mais opiniões sobre This Was:

  • 29
    out, 2020

    Muito bom, mas nada a ver com Jethro Tull

    User Photo José Esteves

Visitar a página completa de This Was



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.