Resenha

Unrepentant Geraldines

Álbum de Tori Amos

2014

CD/LP

Por: Roberto Rillo Bíscaro

Colaborador Top Notch

18/08/2018



Que continue sem se arrepender

Quando Tori Amos lançou Unrepentant Geraldines, em maio de 2014, fazia anos que não lançava material inteiramente inédito. O complexo Night of Hunters  era baseado em composições de músicos eruditos. Antes houvera álbum de canções natalinas e depois de Night, um de releituras da própria Amos de sua obra, gravada com orquestra.

Unrepentant Geraldines poderia se chamar Unrepentant Tori Amos. A norte-americana não se arrepende do passado musical e continuou na idiossincrática trilha confessional com letras e interpretações rasgadas, do fundo das entranhas, como em Wild Way, baladaça ao piano que abre com a declaração: ”te odeio”.

Quando desvia para territórios meio country engraçadinhos como em Giant’s Rolling Pin ou Trouble’s Lament, Amos derrapa, porque qualquer uma poderia fazer essas faixas. Mas, apenas Amos e seletas como Kate Bush e Bjork têm talento para compor e cantar algo como Invisible Boy, encerramento do álbum, que, só com piano, é capaz de assombrar pelo resto da vida.

Vocais de sílfide ou náiade torturada ao som de denso ou delicado piano pontuam os momentos mais memoráveis de Unrepentant Geraldines, basta conferir Selkie, Oysters (aquele piano te faz lembrar o riff de teclado de Situation, do Yazoo?) ou Weatherman. O lado mais experimental desponta na ótima 16 Shades of Blue, granulada por barulhinhos eletrônicos. A filha Natasha, que já duetara com a mama em Night of Hunters, retorna com sua voz incrivelmente rica e quente em Promise, que apesar da marca d’água Amos balança a cabecinha para a sonoridade das cantoras pop de estirpe negra gritona, mas sem berros na faixa.

Que Amos jamais se arrependa de seu passado e continue se expondo tão maravilhosamente.


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Roberto Rillo Bíscaro

Nível: Colaborador Top Notch

Membro desde: 11/09/2017

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaDucks Ltd. - Modern Fiction (2021)

    01/11/2021

  • Image

    ResenhaSabrina Claudio - Truth Is (2019)

    11/11/2020

  • Image

    ResenhaAmuZeum - New Beginnings (2020)

    30/03/2021

  • Image

    ResenhaRoachford - Twice In A Lifetime (2020)

    06/10/2020

  • Image

    ResenhaSagittarius - Present Tense (1968)

    23/12/2021

  • Image

    ResenhaLa Roux - Trouble In Paradise (2014)

    30/05/2021

  • Image

    ResenhaSocorro Lira - Chama (2019)

    13/04/2020

  • Image

    ResenhaOrbital - Monsters Exist (2018)

    08/09/2020

  • Image

    ResenhaDu Gomide - Vela Acesa (2020)

    16/03/2021

  • Image

    ResenhaPixies - Doolittle (1989)

    11/02/2018

Visitar a página completa de Roberto Rillo Bíscaro



Sobre o álbum

Unrepentant Geraldines

Álbum disponível na discografia de: Tori Amos

Ano: 2014

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 4,5 - 1 voto

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Unrepentant Geraldines



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.