Resenha

Eternal

Álbum de Stratovarius

2015

CD/LP

Por: André Luiz Paiz

Webmaster

12/07/2018



Fazendo exatamente o que os fãs esperam

O Stratovarius segue trilhando o seu caminho dentro da nova fase iniciada com a saída de Timo Tolkki em 2008. Lembro-me de uma entrevista em que Tolkki fez, puramente por protesto, a besteira de ceder os direitos para que os caras pudessem continuar. Afirmou ainda que a banda não duraria cinco anos. Que coisa, não? Convenhamos que, é notável que a banda não entrega discos marcantes como outrora. Mas, sempre é legal conferir o que lançam de novo e sempre há muito o que curtir.

“Eternal” não traz novidades. Sendo que “Nemesis” ainda é o melhor deles desde o início da fase sem Tolkki, principalmente pelo fato da banda ter trazido novos elementos, soando mais ousada. Algo do que foi feito em “Nemesis” pode ser encontrado aqui também, porém o restante soa como o Stratovarius de sempre.

Timo Kotipelto está mais comedido. Obviamente devido ao avanço da idade. Ele já questionava os agudos nas composições de Tolkki desde os “Elements” e isso não é um ponto negativo, afinal, a maioria dos vocalistas foca mais na emoção do que no alcance nos dias de hoje. Também vale destacar que o seu timbre está e sempre foi ótimo.
Jens e Mathias trouxeram de volta alguns momentos do passado, em que o tecladista duelava com Tolkki em algumas faixas fazendo solos bem interessantes. O guitarrista segue se destacando com ótimas composições. 
Rolf Pilve vai bem nas baquetas, apesar de que Jörg Michael sempre fará falta.
Lauri Porra, baixista que está na banda desde 2005, também se garante com ótima performance.

Sobre as faixas de “Eternal”, gosto de destacar aquelas que trazem algo diferente e que despertam mais a atenção. Assim, vale conferir “Lost Without a Trace”; “In My Line of Work”, que possui linhas bem pesadas de guitarra; “Man in the Mirror” e “Few Are Those” por causa do ótimo refrão, que mostra Kotipelto buscando notas mais altas.
Do lado negativo, a balada “Fire in Your Eyes” possui ótimo solo de guitarra, mas é muito mais do mesmo e passa totalmente despercebida. Além dela, infelizmente a faixa mais longa e épica é decepcionante. “The Lost Saga” possui mais de onze minutos e não consegue chamar a atenção. Que saudades das faixas “Infinity” e “Visions (Southern Cross)”. O disco poderia ser fechado tranquilamente sem ela.
As demais faixas entregam tudo o que um fã do Stratovarius espera. Rapidez, bons riffs e ótimos refrãos.

Para resumir, se você é fã da banda, poderá curtir “Eternal” tranquilamente, mas sem se impressionar muito. Agora, se você é novato na carreira do Stratovarius, é melhor buscar diversão nos álbuns dos anos noventa.


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre André Luiz Paiz

Nível: Webmaster

Membro desde: 20/03/2017

"Sou um profissional de Tecnologia da Informação apaixonado por música. Criei o site do 80 Minutos para que as pessoas possam compartilhar suas opiniões sobre os seus álbuns favoritos e propagá-las Brasil afora"

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    EntrevistaAline Happ

    19/03/2020

  • Image

    ResenhaCrush 40 - Crush 40 (2003)

    03/12/2018

  • Image

    ResenhaElton John - Leather Jackets (1986)

    08/02/2022

  • Image

    ResenhaDavid Gilmour - Rattle That Lock (2015)

    14/09/2017

  • Image

    ResenhaMike Rutherford - Smallcreep's Day (1980)

    18/10/2017

  • Image

    ResenhaAxel Rudi Pell - The Crest (2010)

    16/06/2020

  • Image

    ResenhaKino - Picture (2005)

    27/04/2018

  • Image

    ResenhaWings - Band On The Run (1973)

    03/11/2017

  • Image

    ResenhaMob Rules - Tales From Beyond (2016)

    29/12/2017

  • Image

    ResenhaAccept - Predator (1996)

    26/11/2021

Visitar a página completa de André Luiz Paiz



Sobre o álbum

Eternal

Álbum disponível na discografia de: Stratovarius

Ano: 2015

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 3,5 - 5 votos

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Eternal



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.