Resenha

World Coming Down

Álbum de Type O Negative

1999

CD/LP

Por: Tarcisio Lucas

Colaborador

13/06/2018



A trilha sonora do Fim do Mundo

O Type O Negative consegue o que pouquíssimas bandas , dentro ou fora do metal/rock, conseguem: agradar fãs de gêneros distintos, e ao mesmo tempo. Afinal, a banda é idolatrada por muitos fãs de música gótica (tanto do gótico original dos anos 80 quanto pelos mais ligados ao gothic metal), é respeitada dentro da cena do Doom Metal, e ainda temos muitos fãs de metal tradicional que curtem o som sombrio do grupo. Como se não bastasse isso, ainda encontramos fãs de punk entre seus seguidores, e não poucas pessoas mais antenadas com a cena pop.

Uma análise mais profundo revela ser extremamente difícil explicar esse fenômeno; A banda nunca fez questão de agradar. Seus álbuns, todos sem exceção, são repletos de vinhetas obscuras e muitas vezes sem sentido (pessoas gemendo, consumindo drogas, sons desconexos...uma loucura maior que a outra...), os poucos vídeos que a banda divulgava muitas vezes trazia cenas de cunho altamente duvidoso, como aquele que mostrava o Peter Steele usando o banheiro, e não era para fazer xixi!). Todo álbum possui musicas longas, de temáticas sombrias, vampirescas.
 E mesmo assim, a banda alcançou um sucesso bastante significativo.
Claro, não podemos jamais esquecer que a banda tinha uma grande facilidade em criar temas grudentos - impossível esquecer o refrão de "Black Number 1" depois de ouví-lo uma ou duas vezes apenas, e os dois últimos álbuns da banda - "Life is killing me" e "Dead Again" -tinham músicas bastante acessíveis. Mas ainda assim tudo soa curiosamente estranho.

"World Coming Down" é de longe o disco mais "difícil" da banda. É o disco mais arrastado e sombrio, tanto sonoramente quanto liricamente.
Na época de sua gravação, o gigante Peter Steele, vocalista, baixista e líder do grupo, sofreu uma série de perdas pessoais e familiares, e ele aproveitou para colocar toda a sua tristeza e depressão nas letras e no clima desse disco.
Títulos como "Everyone I love is Dead (todo mundo que eu amo está morto)", "Everything Dies (Tudo Morre)" e "World Coming Down (O mundo vindo abaixo)" não deixa mentir esse fato.
A produção conferiu aos instrumentos, especialmente à guitarra, timbres que até então não havia sido utilizados pelo conjunto, causando uma certa estranheza, que combina muito com a proposta geral do disco.
Falando novamente, para que não aja dúvidas, que disco arrastado! Parece que entre uma batida no chimbal e outra o baterista saiu para tomar um café.
O curioso é que mesmo a maioria das músicas serem longas, todas são de uma audição bastante agradável. Por trás da massa dos instrumentos, que devido a produção algumas vezes se aproxima muito da microfonia, percebe-se uma série de detalhes cuidadosamente inseridos - vocais dobrados, delays, intervenções de teclado - tudo muito sutil, e que proporciona uma profundidade à escuta muito interessante.
Por exemplo, na faixa título, "World Coming Down", extremamente lenta, lá pela metade entra do nada um coral gregoriano. Simplesmente genial.
Lembro-me que quando o disco foi lançado, pelo menos aqui no Brasil, foi muito criticado, sendo considerado, de maneira geral, muito inferior aos seus antecessores. Eu discordo totalmente desse parecer.
Apesar de gostar muito de tudo que a banda fez, acredito que "World Coming Down" seja o disco mais homogêneo do grupo, aquele que apresenta uma sequência mais conectada entre as músicas. As vinhetas do disco continuam sendo totalmente desnecessárias, não acrescentando absolutamente nada ao disco, mas tirando esse aspecto, o lançamento é incrivelmente coeso.
A capa do disco é um destaque a parte, uma foto trabalhada em tons de verde e preto, montando uma cena meio apocalíptica, meio fim de mundo, combinando perfeitamente com o tom geral das letras e ambientação.
os lançamentos seguintes, a banda não seguiu a orientação apresentada aqui, o que também considero um acerto grande. Afinal, por mais resiliência que se tenha, quanto tempo os fãs ( e a própria banda) aguentaria musicas tão arrastadas e sem esperança (para isso, já temos muita gente no Doom, e o Funeral Doom Metal está aí para fazer isso por nós!)?
E por fim, a banda encerra apresentando um cover dos Beatles, que por sinal ficou muito bom. Sim, isso também é estranho. Poderíamos imaginar a banda fazendo cover de Sisters of Mercy, Fields of Nephilim, Black Sabbath...mas Beatles foi uma escolha curiosa, como quase tudo que a banda fez no quesito "covers".
Concluindo, um disco diferenciado dentro da discografia da banda. Um tributo ao Fim inevitável para o qual a humanidade se encaminha, sem esperança, sem resposta, e sem retorno Mas ainda assim, um disco de metal digno, bem feito, bem tocado, bem composto e bem gravado.

Recomendo a todo mundo que gosta de dias nublados, filmes de vampiros, livros do período romântico á lá Lord Byron. E se você for um vampiro ou lobisomem de fato, talvez também encontre algum prazer nessa audição!


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Tarcisio Lucas

Nível: Colaborador

Membro desde: 16/10/2017

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaThe Cure - Disintegration (1989)

    05/12/2017

  • Image

    ResenhaUnholy Outlaw - Dark Wings (2016)

    30/12/2019

  • Image

    ResenhaGreen Carnation - Journey To the End of the Night (2000)

    26/09/2018

  • Image

    ResenhaDavid Duchovny - Every Third Thought (2018)

    28/03/2018

  • Image

    ResenhaMythological Cold Towers - Immemorial (2011)

    31/10/2018

  • Image

    ResenhaThe Cure - Faith (1981)

    11/06/2018

  • Image

    ResenhaThe Cult - Dreamtime (1984)

    17/10/2018

  • Image

    ResenhaHeavenly - Coming From The Sky (2000)

    21/02/2019

  • Image

    ResenhaGreta Van Fleet - Anthem of the Peaceful Army (2018)

    30/10/2018

  • Image

    ResenhaPat Metheny - Charlie Haden & Pat Metheny: Beyond The Missouri Sky (1997)

    11/06/2018

Visitar a página completa de Tarcisio Lucas



Sobre o álbum

World Coming Down

Álbum disponível na discografia de: Type O Negative

Ano: 1999

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 5 - 2 votos

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de World Coming Down



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.